últimas notícias
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou com vetos uma lei que poderia liberar verba
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou com vetos uma lei que poderia liberar verba
Foto: Marcos Corrêa/PR

Barbas de molho

O Guri do Planalto informa tudo que acontece Direto de Brasília

Aliados mais próximos da família Bolsonaro estão preocupados com a possibilidade da radicalização do discurso do Presidente e de seus filhos, temem que diante das decisões que o Supremo Tribunal Federal proferiu nos últimos dias, possam dar mais ouvidos a ala radical do governo, alinhada à Olavo de Carvalho.

E a saúde?
A crise política e institucional é tão grande que ninguém nem lembra que o Brasil, no meio da maior crise de saúde do século, está sem um chefe a frente do Ministério da Saúde.

Última tentativa.
O presidente do Senado Federal, Davi Alcolumbre, esteve em reunião com o presidente Bolsonaro no decorrer da semana, para aliados mais próximos ele teria comentado que esta seria a “última tentativa” de conciliação entre os poderes e que estava cansado de ter que atuar sempre como bombeiro.

Convocado.
O Senado Federal aprovou a convocação do Ministro da Educação para esclarecer suas declarações na reunião ministerial de 22 de abril. A data ainda não foi confirmada, pois alguns senadores ainda tem a esperança que o Ministro seja demitido em breve.

Momento leveza.
Em sessão remota dessa quinta-feira, o neto de 3 anos do deputado federal Enio Verri (PT-PR) chamou atenção quando interrompeu o avô em seu discurso para dar um oi. O presidente Rodrigo Maia recebeu com leveza e simpatia.

Fake News.
Está marcado para próxima terça-feira (2) a votação do texto no Senado que trata como redes sociais devem agir contra ‘fake news’.

"Campanhas difamatórias contra adversários, ameaças e notícias falsas não têm a ver com liberdade de expressão"
O ex-ministo da Justiça, Sergio Moro, ao comentar a operação da Polícia Federal relativa ao inquérito das fake news, que foi deflagrada na última semana.

"Estamos trabalhando para que se faça valer o direito à livre expressão em nosso País"
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao comentar a operação da Polícia Federal relativa ao inquérito das fake news, que teve como alvo alguns bolsonaristas.

Comentários

Tops da Gazeta