últimas notícias
Apesar de proibida, tem sido comum a presença de muitas pessoas nas areias das praias do Rio
Apesar de proibida, tem sido comum a presença de muitas pessoas nas areias das praias do Rio
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Banhistas terão que reservar lugar na praia por aplicativo

Permanência dos banhistas nas praias no Rio, proibida desde março, será liberada nos próximos dias; sistema de ocupação anunciado deve ser detalhado nesta semana

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos) anunciou nesta segunda-feira (10) que banhistas terão de reservar espaço na areia da praia por aplicativo, para evitar aglomeração. A permanência dos banhistas nas praias do Rio, proibida desde março, será liberada nos próximos dias.

“As pessoas vão poder ocupar essas demarcações pelo horário que chegarem e também reservando no aplicativo”, afirmou Crivella em evento nesta segunda. O sistema de ocupação das areias deve ser detalhado nesta semana.

“Esta semana nós vamos fazer a organização das praias para que as pessoas mantenham o afastamento na areia. A ideia é que assim a gente consiga organizar melhor o que hoje não está bom”, afirmou Crivella.

Apesar de proibida, tem sido comum a presença de muitas pessoas nas areias, principalmente aos finais de semana. A Guarda Municipal e a Polícia Militar, embora eventualmente apliquem multas, não têm conseguido evitar as aglomerações.

O banho de mar foi autorizado a partir de 1º de agosto, e desde então o número de pessoas na areia tem aumentado. No domingo (9), as praias do Arpoador e do Leme foram as mais lotadas da zona sul da cidade.

Leia mais 

O prefeito chegou a anunciar no dia 9 de julho que só permitiria a permanência nas areias das praias do Rio quando houvesse uma vacina de eficácia comprovada contra a Covid-19, porém mudou de ideia e agora anuncia um plano de ocupação organizada das areias.

Comentários

Tops da Gazeta