últimas notícias
Eduardo Pazuello teria pedido para deixar a Pasta alegando problemas de saúde
Eduardo Pazuello teria pedido para deixar a Pasta alegando problemas de saúde
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom /Agência Brasil

Após recusa de médica, Planalto avalia três nomes para ministério da Saúde

Governo está avaliando três nomes para assumir a vaga de Eduardo Pazuello; médica Ludhmila Hajjar recusou o convite

O Planalto está avaliando três nomes para assumir a vaga de Eduardo Pazuello no comando do Ministério da Saúde, de acordo com o jornal "O Estado de S. Paulo". Nesta segunda-feira (15), a médica Ludhmila Hajjar recusou o convite para assumir a Pasta.

Após a recusa da Ludhmila, os três cotados para o Ministério são: Marcelo Queiroga, atual presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, e José Antonio Franchini Ramires, professor titular do Instituto do Coração (Incor) de São Paulo. Na tarde desta segunda, Queiroga se reuniu com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).O cardiologista defende o distanciamento social e não acredita em tratamento precoce no combate à pandemia da Covid-19.

O governo federal sofre pressão deputados do Centrão para trocar o comando do Ministério da Saúde. Neste domingo, o jornal 'O Globo' divulgou que Eduardo Pazuello teria pedido para deixar a Pasta alegando problemas de saúde.

Caso a troca de ministros seja confirmada, o Brasil terá o seu quarto ministro em pouco mais de 1 ano de pandemia.

 

Galeria de Fotos

Tops da Gazeta