últimas notícias
Urna eletrônica
Urna eletrônica
Foto: Nelson Jr./TSE

Segundo pesquisa, 78% das mulheres candidatas a cargos públicos não tiveram apoio dos partidos

O projeto 'Políticas de Saia' tem como objetivo mapear a violência política contra as mulheres do Brasil

Uma pesquisa intitulada ''Políticas de Saia'', realizada pelo Instituto Justiça de Saia divulgada nesta quinta-feira (25), aponta que 78% das mulheres candidatas a algum cargo público não tiveram apoio para as campanhas eleitorais. O objetivo do projeto é mapear a violência política contra as mulheres do País até outubro de 2022.

Os dados foram colhidos entre os dias 8 de outubro a 22 de novembro, cerca de 1.194 mulheres fizeram parte das respostas, sendo elas eleitoras, lideranças políticas, candidatas e mulheres eleitas em todo o território. 

Entre 155 mulheres que afirmaram a candidatura em algum cargo público, 123 não foram eleitas (79,4%), 121 (78%) tiveram promessa de campanha e não foi cumprida pelo partido. Os cargos concorridos eram de vereadora (90,8%), deputada estadual (11,8%), prefeita (3,9%), vice-prefeita (3,3%), deputada federal (10,5%) e senadora (1,3%). 

Apenas 29,4% das candidatas eleitas exercem liderança na casa legislativa de sua correspondência. 

A pesquisa também aponta que 89% das mulheres não sentem representação dos homens na política. Para 96,7% das entrevistadas, a presença de mulheres na política impacta de forma positiva o desenvolvimento de políticas públicas para as mulheres. 

 

Comentários

Tops da Gazeta