X

PEIXE EM SITUAÇÃO COMPLICADA

Santos pressiona até o fim, mas fica no empate com a Ferroviária no Canindé

Pressionado e sob protestos da torcida, o Santos criou muitas oportunidades e parecia que a noite seria de vitória e recuperação no Canindé

Folhapress

Publicado em 28/01/2023 às 21:03

Atualizado em 28/01/2023 às 21:11

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Santos e Ferroviária não saíram do empate por 1 a 1, na noite deste sábado (28), em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Paulista de 2023 / Divulgação/Santos

Santos e Ferroviária não saíram do empate por 1 a 1, na noite deste sábado (28), em duelo válido pela 5ª rodada do Campeonato Paulista de 2023. Pressionado e sob protestos da torcida, o Santos criou muitas oportunidades e parecia que a noite seria de vitória e recuperação no Canindé.

E foi a Ferroviária que abriu o placar, no último lance do primeiro tempo, com John Kennedy batendo pênalti que ele mesmo sofreu. Elano, ídolo santista, fez a sua estreia na volta ao comando técnico da equipe do interior paulista.

Leia Também

• Torcedores do Santos protestam no CT e falam com equipe e comissão técnica

Stiven Mendoza marcou seu primeiro gol com a camisa 20 do Santos, após boa jogada de Dodi. O Peixe martelou e finalizou 20 vezes contra o gol de Saulo. Só a do colombiano entrou.

O Santos chegou a 6 pontos e assumiu a segunda colocação do Grupo A do Paulistão, com Botafogo-SP e Inter de Limeira ainda sem jogar na rodada. A Ferroviária fica em terceiro do Grupo D, com 4 pontos, atrás de São Bento e Corinthians.

Jogo

O primeiro tempo foi de domínio santista, que empilhou chances e esbarrou na pontaria e no goleiro Saulo. Marcos Leonardo, Soteldo e Mendoza comandaram o ataque santista e deram muito trabalho para a zaga da Ferrinha, mas, não conseguiu balançar as redes no primeiro tempo.

O camisa 10 santista chamou a responsabilidade no Canindé e foi o principal responsável pelas chances criadas pelo Peixe na partida. Driblou, cruzou, chutou a gol, tentou de tudo o baixinho venezuelano. Saiu de campo e aplaudido sentindo dores no ombro.

A primeira oportunidade da Ferrinha foi acontecer só aos 37 do primeiro tempo. Rafael Costa chutou por cima do gol de João Paulo após ótima jogada de Heitor.

O anticlímax do primeiro tempo veio aos 48 já passados, quando Sandry derrubou John Kennedy na área santista, em uma das primeiras chegadas da equipe de Araraquara. O próprio camisa 7 cobrou e abriu o placar no último lance antes do intervalo.

JK em dia iluminado! O atacante com nome de presidente incomodou demais a zaga santista no começo do segundo tempo. Confiante após o gol, o atacante emprestado pelo Flu puxou os contra-ataques da Ferroviária no segundo tempo, que se retraiu com a pressão santista.

O empate santista saiu após muita insistência e chances desperdiçadas. Em grade jogada de Dodi, o meia cruzou para Mendoza chegar de peixinho e empatar para o Peixão. Na comemoração, passou as mãos no corpo 'tirando a zica'. Foi o primeiro gol do colombiano com a camisa do Santos.

FICHA TÉCNICA 
SANTOS 1 X 1 FERROVIÁRIA
Local: Estádio do Canindé, em São Paulo 
Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza
Público: 11.573 
Renda: R$ 536.355,00
Cartões amarelos: Marcos Leonardo; Soteldo e Odair Hellmann (SAN); Ronaldo Alves, Léo Santos, Pablo e John Kennedy (FER) 
GOLS: Mendoza, aos 14 do 2ºT (Santos); John Kennedy, aos 49 do 1ºT (Ferroviária)
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade em Guarulhos

Feira de empregos: prefeitura e institutos devem oferecer 200 vagas em evento

Para participar dos processos seletivos é necessário levar um documento de identificação original e o currículo atualizado

Colheita de café em SP

Colheita de café no maior cafezal urbano do mundo reúne famílias em São Paulo

Evento marcou a abertura oficial da safra do café, que prossegue até a primavera, distribuindo sabores, aromas, colorido e riquezas por todo o Estado   

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter