últimas notícias
Diversas bebidas alcoólicas foram apreendidas no local; responsável foi preso e caso é investigado
Diversas bebidas alcoólicas foram apreendidas no local; responsável foi preso e caso é investigado
Foto: Divulgação Fiscalização/PMS

Organizador de festa pode ser preso se convidados contraírem Covid-19

QUASE MIL PESSOAS. Morador de Sorocaba foi multado em cerca de R$ 6 mil e vai responder por crime de desobediência

De acordo com a promotora Cristina Palma, se algum participante que estava na festa contrair coronavírus ou em qualquer outro evento clandestino, e isso for comprovado pela investigação, o organizador do evento pode responder pelo crime de epidemia e pegar de cinco a 15 anos de prisão. As informações são do "G1"

Se houver óbito por conta da doença, a pena é dobrada e o responsável pode pegar até 30 anos de prisão, ainda de acordo com Cristina. O organizador da festa clandestina com quase mil pessoas e que foi fechada durante uma operação por uma equipe de fiscalização da Prefeitura de Sorocaba (SP) foi multado em R$ 6 mil e pode ser preso se algum convidado contrair Covid-19, segundo informou a promotora de Justiça Cristina Palma.

A festa foi fechada na madrugada de quinta-feira durante uma operação teve o apoio da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar.

Três pessoas foram detidas, duas por tráfico de drogas pela venda de lança-perfume e o organizador que, de acordo com a Guarda Civil Municipal, vai responder por desobediência e teve multa de R$ 6 mil. O organizador do evento foi levado para a delegacia, onde foi ouvido e liberado.

INVESTIGAÇÃO.

A investigação começou depois que o Ministério Público recebeu uma denúncia e uma operação foi organizada para acabar com a festa clandestina.

O decreto do Plano São Paulo proíbe a realização de festas para evitar a aglomeração de pessoas. A região de Sorocaba está na fase laranja, que restringe o funcionamento de comércios e eventos não essenciais.

Equipes foram acionadas e, no local, foram apreendidos 44 garrafas de cerveja, 5 pacotes de cigarros contendo 20 carteiras cada, 50 garrafas de 1 litro de destilado, 24 garrafas pet de 2 litros de energético, 30 frascos de 500 ml de destilados e 100 latas de 350 ml de cerveja.
(GSP)

Tops da Gazeta