últimas notícias

Justiça condena um dos responsáveis por morte de subcomandante da GCM

A Justiça condenou Danilo Roberto de Lima Rosa a 30 anos de prisão pela morte do subcomandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Mairinque e da esposa dele. O crime aconteceu em agosto de 2013.

O documento da condenação mostra que Danilo cumprirá a pena inicialmente em regime fechado. Na decisão, a juíza cita o trauma do filho, que viu os pais serem assassinados e ainda foi atingido por um tiro na cabeça.

O filho do GCM carrega sequelas do tiro até hoje, como a perda parcial dos movimentos do braço e perna
esquerda.

Danilo havia sido preso em 2017, na cidade de Cerqueira César (SP), após ficar quatro anos foragido. Além de Danilo, outras sete pessoas estavam envolvidas no crime destas, três foram absolvidas e duas eram menores de idade na época.

De acordo com a polícia, Fernando Henrique Pereira da Silva, que na época tinha 21 anos, teria sido o mentor intelectual do crime e continua foragido. (GSP)

Tops da Gazeta