últimas notícias
O estádio do Morumbi, do São Paulo, deverá preservar a volumetria e outras características do projeto original
O estádio do Morumbi, do São Paulo, deverá preservar a volumetria e outras características do projeto original
Foto: Luís Moura/WPP/Folhapress

Tombamento de obras de arquiteto inclui Morumbi

A Prefeitura de São Paulo homologou no sábado (23) o tombamento de nove projetos modernistas do arquiteto João Vilanova Artigas. Dentre os imóveis, construídos a partir da década de 1940, estão casas, uma escola e o estádio Cícero Pompeu de Toledo, do São Paulo Futebol Clube.

O tombamento foi decidido em reunião do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp) em março de 2018, período em que mais de 70 obras modernistas também foram tombadas, com projetos ligados a nomes como Paulo Mendes da Rocha e Oswaldo Arthur Bratke.

O estádio do Morumbi, como é conhecido, deverá preservar a volumetria e outras características do projeto original, o que inclui o prédio dos vestiários do São Paulo Futebol Clube. Além dele, foi tombado o Colégio 12 de Outubro, no Alto da Boa Vista, na zona sul.

As residências tombadas estão nos bairros do Campo Belo, Pacaembu, Sumaré, Vila Mariana, Chácara Monte Alegre, Água Branca e Jardins. (EC)

Tops da Gazeta