últimas notícias

Metade eleita em SP é de grupos de esquerda

Em reação à presença de religiosos nos Conselhos Tutelares, a eleição que aconteceu no domingo (6) para conselheiro tutelar contou com forte campanha de grupos de esquerda para eleger candidatos progressistas. E deu certo: pelo menos metade dos eleitos em São Paulo figurava em listas na internet elaboradas por ativistas, movimentos sociais ou partidos políticos de esquerda.

Até a manhã desta segunda (7), 94% das urnas já tinham sido apuradas. Embora a apuração esteja concluída em 48 dos 52 conselhos, a prefeitura afirma que os resultados ainda são parciais.

Houve problema em três regiões da cidade, que terão que ter novas eleições em outra data: Pinheiros, Pirituba e Lajeado. Em Pinheiros, os mesários não apareceram em uma das escolas, e a eleição foi invalidada. Em Pirituba e Lajeado, o número de candidatos nas urnas eletrônicas estava diferente do informado ao poder público. O erro será apurado, diz a prefeitura. (FP)

Tops da Gazeta