últimas notícias
Funcionários do hospital em São Mateus protestam em frente à instituição
Funcionários do hospital em São Mateus protestam em frente à instituição
Foto: Divulgação

Funcionários de hospital na zona leste protestam contra transferências de profissionais

Trabalhadores são contrários à transferência de postos de trabalho e proposta da direção de descontinuar serviços para transformar a unidade em exclusiva para tratamento da Covid-19

Um grupo de funcionários do Hospital Geral de São Mateus, na zona leste da capital paulista, protestou nesta quinta-feira, pelo quarto dia seguido, contra a transferência de postos de trabalho e proposta da direção de descontinuar serviços que eram oferecidos na unidade para transformar a unidade em exclusiva para tratamento de pacientes com Covid-19.

A ideia da gestão estadual é municipalizar o serviço e transferir os funcionários para outros locais de trabalho. Na segunda-feira (1º), os funcionários já tinham protestado na frente da unidade. Na terça-feira (2), voltaram a protestar, assim como na quarta (3). A instituição é referência de tratamento para queimados na região.

O hospital foi reorganizado para atendimento de pacientes com Covid-19 e, de acordo com uma funcionária, continua realizando atendimento rotineiro, além de receber paciente com Covid-19.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (SindSaúde-SP), que ajudou a organizar os protestos, os trabalhadores lutam para manter o atendimento a outras especialidades.

“O atendimento aos pacientes com coronavírus não pode prejudicar quem já faz tratamento ou que depende do serviço de urgência do hospital, caso contrário, aumentará o número de mortes por infartos, AVC, diabetes descontrolada, entre outras doenças”, diz o sindicato, em nota.

Comentários

Tops da Gazeta