últimas notícias
O imunizante da Astrazeneca
O imunizante da Astrazeneca
Foto: TÂNIA RÊGO/AGÊNCIA BRASIL

Vacina da AstraZeneca acabou em 86% dos postos de vacinação da Capital

Dados desta terça divulgados pela prefeitura, mostram que, dos 539 postos de vacinação da cidade, 464 não dispunham do imunizante

Após todos os postos de vacinação da capital terem informado falta da vacina da AstraZeneca no início do mês, a cidade de São Paulo está passando por um novo episódio de desabastecimento do imunizante, com 86% das unidades apresentando falta de estoque, segundo informações apuradas nesta terça-feira (28).

Os dados são do site De Olho da Fila, da prefeitura de São Paulo, que nesta terça, indicava que, dos 539 postos de vacinação da cidade, 464 não dispunham do imunizante da AstraZeneca. Com o início da aplicação da dose de reforço, a vacina tem tido alta demanda nos últimos dias. As informações são do G1.

A prefeitura já havia previsto o problema e autorizou o uso da vacina da Pfizer no lugar da Astrazeneca em casos de abastecimento.

"Nós devemos receber mais doses de Pfizer nesta semana. De AstraZeneca, ainda não temos uma notificação por parte da secretaria estadual e do Ministério [da Saúde]. A Pfizer, além de [ser indicada para pessoas acima de 12 anos] e para o reforço, tem a segunda dose e tem o intercâmbio", disse Edson Aparecido, secretário municipal da Saúde.

A última remessa do da vacina da AstraZeneca chegou a São Paulo na quarta-feira (22), com 212.445 doses. No mesmo dia também foram recebidas 51.130 de CoronaVac e 567.900 doses do imunizante da Pfizer.

Comentários

Tops da Gazeta