X

POLÍTICA

Bolsonaro mostra força!

No último domingo, na Avenida Paulista, em São Paulo, Jair Bolsonaro (PL) reuniu milhares de pessoas ao seu redor, em um evento organizado por meio das redes sociais

CÉLIO EGIDIO

Publicado em 01/03/2024 às 13:15

Atualizado em 01/03/2024 às 13:20

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Jair Bolsonaro (PL) durante manifestação neste domingo em São Paulo / Danilo Verpa/Folhapress

No último domingo (25/02), na Avenida Paulista, em São Paulo, Jair Bolsonaro (PL) reuniu milhares de pessoas ao seu redor, em um evento organizado por meio das redes sociais e grupos nos aplicativos de mensagens. Políticos de alto calibre subiram no palanque, como os governadores Ronaldo Caiado (União Brasil) e Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Até o prefeito de São Paulo, meio acanhado, Ricardo Nunes (MDB), compareceu. Como o cerco da Polícia Federal apertou, junto aos bolsonaristas, o evento foi necessário para rechaçar a eventual fraqueza do movimento. Com base nos processos de 08 de janeiro de 2023 e nas delações premiadas de seu ex-assessor, a Polícia Federal convocou Bolsonaro para depor, mas ele preferiu silenciar. Na Paulista, no alto do trio elétrico, Jair Messias defendeu a democracia e clamou pela anistia de todos os presos em 08 de janeiro. 

]Dessa forma, admite que houve crime. Não há anistia sem delito. Em outra fala, a ex-primeira-dama expressou que a religião deve se sobrepor ao Estado. Conclui-se que há clara intenção, por parte desse grupo, de transformar o Brasil em um Estado-Cristão. O discurso, para ter aderência, precisa de coerência filosófica. 

Defender a democracia e, ao mesmo tempo, induzir um Estado juridicamente subordinado às escrituras sagradas, de qualquer crença, é inadequado, assim como clamar pela inexistência de um crime e, logo após, pedir anistia. Longe da formação filosófica e do discurso, o público lotou a Avenida Paulista e seus arredores, reforçando a fidelidade ao seu líder. Messias mostrou grande força política para uma pessoa sem mandato e com seus direitos políticos cassados. Posicionando-se como o líder da direita conservadora no país. Bolsonaro sairá em viagens pelo interior dos estados, pois sabe que uma base sólida, nos municípios, dará suporte ao seu candidato em 2026. A corrida é longa, com linha de largada e data marcada: outubro de 2024.
 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

NESTA TARDE

Tarcísio de Freitas vai anunciar trens da Capital a Santos e ao Vale do Paraíba

Segundo apurado pela Gazeta, anúncios serão sobre a contratação de estudos para dois novos Trens Intercidades, com ligação da Capital a Santos e a São José dos Campos

Transportes

SPTrans abre Licitação para centralizar arrecadação bilionária do Bilhete Único

Empresa busca instituição financeira para gerenciar cerca de R$ 7,2 bilhões arrecadados anualmente com o Bilhete Único

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter