Publicidade

X
Rejeição

Doria, chupim ou tucano fora do ninho

Ex-governador não é cria do partido e aparentemente todos querem que ele saia do ninho

Publicidade

João Doria (PSDB) / Governo de São Paulo

Chupim é um pássaro conhecido por colocar seus ovos nos ninhos de outras aves, ou seja, o filhote é cuidado por outra espécie como se cria fosse. São poucos os casos na mãe natureza com essaocorrência, e de antemão não sucede com os tucanos: pássaros.

No caso de nosso título tratamos dos tucanos, como foram alcunhados, os filiados eseguidores do PSDB, no caso João Doria Junior, que em carreira política astronômica, percebe que talvez seja um chupim entre os tucanos. Ele não é cria do partido e aparentemente todos querem que ele saia do ninho.

Já faz semanas que o ex-governador, do maior estado do país, sofre para emplacar sua candidatura, levou as préviaspartidárias, mas não encantou. Tentou aproximação com o MDB, PSD entre outros e descobriu que estava pousando em ninhos que não o desejavam.

Há pouco dias, o MDB um dos maiores partidos nacionais, fixou o nome da Senadora Simone Tebet para ser cabeça de chave na campanha presidencial, que vem nas asas de Baleia Rossi e Michel Temer. Outros que buscam a cadeira do Planalto em 2022, também não se aproximam de do ex-governador Tucano, que voa de ninho em ninho e não recebendo o afeto esperado.

E na última segunda-feira, o próprio PSDB afirmou o apoio a Simone (MDB), mas sem Doria. Da grande ascensão nas eleições municipais paulistanas ao Palácio dos Bandeirantes, João Agripino voou somente 6 anos, mas agora, por onde passa as portas se fecham. 

O motivo, a alta rejeição de seu nome diante de uma série de gestões que produziram um efeito negativo ao seu trabalho à frente do estado de São Paulo. Política não é aritmética, é diálogo que fortalece relações e dá possibilidade que todos alcem altos voos conjuntamente, talvez a Senadora Simone esteja pronta para voar e Doria, pelo jeito, virou um estranho no ninho e sem asas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Atuação de delegados da equipe de Lula gera mal-estar na Polícia Federal

Segundo relatos, o documento encaminhado para chefias da PF nos estados foi considerado fora do tom

CORINTHIANS

Flamengo vence de novo, elimina o Corinthians e vai à semi da Libertadores

Somada aos 2 a 0 da ida, a vitória fechou o confronto com 3 a 0 no placar agregado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software