Publicidade

X
Eleições 2022

Eleições presidenciais trazem dupla chapa feminina para cenário político

Fato inédito tem como protagonistas o PSTU com Vera Lúcia e a indígena Kunã Ypora, e o MDB com Simone Tebet e senadora Mara Gabrilli

Publicidade

Simone Tebet é candidata à Presidência / Divulgação/TV Brasil

Desde que a paulista Carlota de Queiroz foi eleita a primeira Deputada Federal, em 1934, o cenário político nacional mudou imensamente, mas somente após 88 anos é que teremos uma dupla chapa feminina para a Presidência da República. O fato inédito tem como protagonistas o PSTU com Vera Lúcia para o cargo de presidente e a indígena Kunã Ypora como vice, e o MDB com Simone Tebet presidente e sua vice a Senadora Mara Gabrilli (PSDB).

O período das convenções partidárias chegou ao seu final e os nomes dos presidenciáveis se consolidam a cada semana. Teremos uma grande situação binária com Lula (PT) versus Bolsonaro(PL), outro quadro com Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet agora com a força feminina a seu favor.

Permanece o adágio popular que lugar de mulher não é na política, mas a verdade o que se extrai das últimas estatísticas emitidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que elas são a maioria entre os eleitores. Essa diferença numérica pode favorecer as chapas femininas, pois algumas ideias e propostas, a serem apresentadas, podem convergir com as expectativas de muitas eleitoras.

O PSTU deve manter o seu viés ideológico de esquerda e trouxe a causa indígena como uma inovação. Nesta mesma linha, buscando o novo, Mara Gabrilli, conhecida pela sua limitação motora, poderá trazer essa identidade a todas as pessoas com deficiência. A nova presença de uma indígina e de uma PCD no quadro eleitoral trará certo impacto no momento da propaganda oficial na TV.

Outro ditado popular que não se aplica, é que as pessoas não assistem tais programas eleitorais, pelo contrário, muito se comenta o ocorrido na noite anterior. Lógico, desde que haja algo novo a se contar. Simone/Gabrilli e Vera Lúcia/Kunã já são novidade e estarão, com certeza, na língua do povo e quem sabe com sucesso nas urnas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Atuação de delegados da equipe de Lula gera mal-estar na Polícia Federal

Segundo relatos, o documento encaminhado para chefias da PF nos estados foi considerado fora do tom

CORINTHIANS

Flamengo vence de novo, elimina o Corinthians e vai à semi da Libertadores

Somada aos 2 a 0 da ida, a vitória fechou o confronto com 3 a 0 no placar agregado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software