últimas notícias
Bruno Hoffmann
Coluna
Há o entendimento que defender a limitação da Uber, 99 e outros apps pode ter um alto custo nas eleições municipais deste ano
Há o entendimento que defender a limitação da Uber, 99 e outros apps pode ter um alto custo nas eleições municipais deste ano

Vereadores temem desgaste eleitoral com votação sobre Uber

A votação do polêmico PL que pretende limitar a quantidade de motoristas por app na capital paulista estava marcada para quarta (11) na Câmara Municipal, mas foi adiada, ainda sem data definida

A votação do polêmico projeto de lei que pretende limitar a quantidade de motoristas por aplicativo em São Paulo estava marcada para quarta-feira (11) na Câmara Municipal, mas foi adiada, ainda sem data definida. O assessor de um dos vereadores da Casa disse a este colunista que “alguns vereadores sentiram a pressão em razão do ano eleitoral”. Há o entendimento que defender a limitação da Uber, 99 e outros apps pode ter um alto custo nas eleições municipais deste ano. O autor do projeto, Adilson Amadeu (DEM), notório defensor da classe dos taxistas, está costurando um acordo para conquistar os votos para aprovação. Na quarta-feira, 47 vereadores registraram presença, houve debates por mais de duas horas mas, na hora da votação, apenas 24 registraram presença oficialmente. Eram necessários 28 vereadores para levar o PL à votação.

Holiday.

Um dos críticos do projeto de Adilson Amadeu é o vereador Fernando Holiday. Ele rasgou sua filiação ao DEM durante a discussão sobre o PL na quarta. “Não pude continuar em um partido onde vereadores propõe uma lei que acabaria com o Uber e deixaria milhares de desempregados”, disse. O mais jovem vereador da história de São Paulo deve seguir para o Patriota. O presidente do diretório municipal do DEM, Milton Leite, promete buscar na Justiça a cassação do mandato de Holiday.

H1N1.

Com exclusividade, a Gazeta publicou nesta semana que ao menos dois colégios da zona sul de São Paulo têm casos de H1N1 entre seus alunos. O A. Einstein, na região de Interlagos, suspendeu as aulas na quinta (12) e sexta-feira (13) após 30 casos comprovados. Já a Escola Pinheiro, no Jardim Primavera, constatou quatro casos. Ambas as instituições de ensino disseram que estão tomando as medidas de segurança para proteger seus alunos e funcionários.

146 casos.

A Secretaria Municipal da Saúde e a Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa) informam que em 2020 houve 146 casos notificados de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) hospitalizados na Capital. “Destes, 10 foram confirmados para influenza A H1N1 (pdm09), 4 confirmados para influenza A não subtipado e 9 casos foram confirmados para influenza B”, explica a nota.

Márcio França.

O ex-governador Márcio França (PSB) oficializou sua pré-candidatura à prefeitura de São Paulo na quinta (12). No evento, o pessebista anunciou uma aliança com o PDT. Juntas, as legendas pretendem enfrentar o PT para conquistar os votos da centro-esquerda na capital paulista. “PDT e PSB juntos são maiores que o PT”, discursou França, em referência ao número de deputados na Câmara e, como consequência, ao tempo de TV na propaganda eleitoral.

"Vamos ficar aqui, vamos rezar"

O líder indígena Thiago Karai Djekupe, ao garantir que seu povo vai resistir à construção de prédios às margens da comunidade em que vive, no Jaraguá, zona norte de SP.

Comentários

Tops da Gazeta