últimas notícias
Em destaque
Por Pedro Nastri - Colaborador
[email protected]
Pedro Nastri é colunista da Gazeta e âncora na Rádio Trianon 740 AM
Pedro Nastri é colunista da Gazeta e âncora na Rádio Trianon 740 AM

CPI de maus tratos de animais

O jornalista e radialista Pedro Nastri comenta sobre as últimas notícias de São Paulo

CPI de maus tratos de animais. A Câmara Municipal de SP aprovou, na sessão ordinária de quinta-feira (18), a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), de autoria do vereador Felipe Becari (PSD), que investiga irregularidades na comercialização e maus tratos de animais de pequeno, médio e grande porte na cidade. Becari afirma que “a criação da CPI tem o intuito de investigar estes tipos de maus tratos, além de ilegalidades em locais públicos, dentro de estabelecimentos clandestinos e demais pontos de vendas de animais de pequeno, médio e grande porte, domésticos, domesticados e silvestres”. Eleito vereador pela primeira vez, Felipe disse que uma das prioridades do mandato é a defesa da causa animal.

Sequestro de animais. Os animais de estimação se tornaram alvos de sequestradores em São Paulo, atraídos pelos altos valores de algumas raças de cães e gatos com alto valor no mercado de pets. A SSP-SP (Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo) registrou 1.124 ocorrências de roubos e furtos de cães e gatos. As raças mais caras são mais visadas. A Polícia Civil recebe pelo menos uma queixa por dia e recomenda aos donos que registrem o boletim de ocorrência. No entanto, esse tipo de crime não tem solução e as melhores formas de prevenção são evitar deixar os pets com estranhos e ficar atento durante os passeios nas ruas.

Insegurança na volta às aulas. Quase metade (49%) dos pais dos alunos não confia na segurança sanitária das escolas públicas brasileiras. É o que aponta a pesquisa da Datafolha “Educação não presencial na perspectiva dos estudantes e suas famílias”. O levantamento foi realizado com 1.015 pais ou responsáveis por alunos das redes públicas municiais e estaduais do País, com idades entre 6 e 18 anos, no período de 16 de novembro a 2 de dezembro de 2020. Apenas 19% disseram que “confiam muito” na capacidade da escola de se adequar às normas de prevenção ao contágio pelo novo coronavírus e 31% afirmaram que “confiam um pouco”. Já em relação ao comportamento dos estudantes, 43% dos pais não confiam que os jovens vão cumprir todos os protocolos de segurança.

Corte de cargos comissionados. A Justiça de São Paulo mandou a Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) cortar mais de mil cargos comissionados, ou seja, funcionários de livre nomeação escolhidos por indicação política. O juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª vara da Fazenda Pública, determinou que a Casa adote a paridade com um cargo comissionado para cada efetivo - quadro técnico que exige concurso. Atualmente, a proporção de cargos é de 2.479 comissionados para 606 efetivos. Da decisão cabe recurso.

Comentários

Tops da Gazeta