Publicidade

X

JOHN TEXTOR

Botafogo quer cancelar rebaixamento do Brasileirão de 2023; veja como

Clube carioca busca STJD e sugere que Brasileirão de 2024 seja disputado por 24 clubes

Bruno Hoffmann

Publicado em 07/12/2023 às 15:24

Atualizado em 07/12/2023 às 15:32

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

John Textor é dono do Botafogo / Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo entregou um relatório ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) sobre supostos erros de arbitragem durante o Campeonato Brasileiro. Segundo o jornalista André Rizek, do “SporTV”, entre as sugestões dadas pelo pelo presidente do clube, John Textor, há uma que pede que nenhum clube caia para a Série B de 2024.

“Acho que o Botafogo não espera que isso vá acontecer, mas isso já foi entregue e consta como uma das alternativas que eles sugerem. E isso foi feito antes do desfecho dos rebaixados. Na visão de Textor o campeonato está tão corrompido que rebaixamento deveria ser cancelado”, disse Rizek no programa Seleção SporTV na tarde desta quinta.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Com isso, ainda segundo o Botafogo, o Brasileirão de 2024 deveria ser disputado por 24 times.

O clube confirmou, em nota, que encaminhou um ofício ao presidente do STJD pedindo que o tribunal "tome providências" com base no relatório da "Good Game!", empresa estrangeira contratada por Textor para avaliar as decisões de árbitros no torneio. Também houve sugestão para a profissionalização da profissão de árbitro esportivo, entre outros pontos.

Caso não consiga resposta do STJD, o clube prometeu que vai acionar a Justiça Comum "no sentido de apurar os fatos narrados e contribuir para a evolução do futebol brasileiro".

Os rebaixados do Campeonato Brasileiro deste ano foram Santos, Goiás, Coritiba e América-MG. O Botafogo terminou a competição na quinta colocação, após liderar quase toda a disputa.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

VAGAS NA GRANDE SP

Yamaha abre processo seletivo na área de administração para estudantes

A montadora de veículos Yamaha oferece duas opções de processo seletivo em Jandira

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter