X

MUNDIAL

Brasileiros marcam, Real Madrid vence o Al-Ahly e vai à final do Mundial

Vini Jr, Valderde, Rodrygo e Arribas marcaram para os europeus, enquanto Maaloul fez para os africanos

LUIZA SÁ - UOL/FOLHAPRESS

Publicado em 08/02/2023 às 18:20

Atualizado em 08/02/2023 às 18:21

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Vini Jr. jogou pelo Real Madrid contra o Al Ahly, pela semifinal do Mundial de Clubes / Real Madrid C.F./Twitter

O Real Madrid está na final do Mundial de Clubes. Nesta quarta-feira (8), o time espanhol confirmou o favoritismo ao bater o Al-Ahly, do Egito, por 4 a 1 no Estádio Príncipe Moulay Abdellah, em Rabat. Vini Jr, Valderde, Rodrygo e Arribas marcaram para os europeus, enquanto Maaloul fez para os africanos.

Apesar de favorito, o Real levou sustos ao longo do jogo. Os egípcios pressionaram, especialmente na reta final.
O Real tenta o oitavo título do Mundial de Clubes. A equipe nunca caiu na semifinal da competição. 

El Shahat foi um dos destaques da partida e deu trabalho ao Real Madrid, participando das melhores oportunidades. Vini Jr e Rodrygo também levaram perigo pelo Real e marcaram gols. 

Os espanhóis agora aguardam Éder Militão e Benzema para a final. Segundo a imprensa espanhola, Courtois está fora. Os laterais Mendy e Lucas Vázquez, e o atacante Hazard, todos lesionados, sequer foram inscritos. 

O Real Madrid agora enfrenta o Al-Hilal na final do Mundial de Clubes. O jogo será no sábado (11), às 16h (de Brasília), em Rabat. Já o Al-Ahly terá o Flamengo na decisão de terceiro lugar às 12h30 (de Brasília). 

COMO FOI O JOGO

O Real chegou a ter quase 90% de posse de bola nos primeiros minutos do jogo. Trocando muitos passes, o time espanhol se movimentava para tentar buscar os espaços, mas o duelo se equilibrou e quem criou as melhores oportunidades foi o Al-Ahly.

Sherif, duas vezes, Abdelmonem e El Shahat assustaram o time espanhol e foram bem nas finalizações, inclusive exigindo do goleiro Lunin. Mas foi o Real Madrid quem saiu na frente aos 41 minutos, quando Vini Jr aproveitou uma bobeira na defesa dos egípcios para marcar.

No segundo tempo, o Real Madrid voltou logo marcando o segundo gol, o que deu mais tranquilidade na partida. O Al-Ahly até teve duas boas chances, mas os espanhóis tentaram não se expor muito para não sofrer. 

Em uma das chegadas do Al-Ahly, porém, fez a diferença o bom jogo de El Shahat, derrubado por Camavinga. 

Maaloul, experiente lateral-esquerdo, cobrou no canto direito e deu esperanças aos egípcios para a reta final. Afsha ainda teve grande oportunidade com o gol aberto, mas isolou a bola. 

Nos minutos finais, o time africano pressionou e tentou criar chances, enquanto o Real Madrid buscava desacelerar o jogo. Vini Jr foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti, mas Modric foi para a cobrança e acabou desperdiçando, deixando a emoção até o fim.

Rodrygo, porém, deu o alívio ao marcar nos acréscimos. Arribas, que entrou no último minuto, fez o quarto e último gol para confirmar a vaga.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

CRIME DE TRÂNSITO

Motoristas pagam R$ 600 por dispositivo anti-multa

Golpe da folha magnética permite encobrir caracteres da placa do veículo

Oportunidade em Guarulhos

Feira de empregos: prefeitura e institutos devem oferecer 200 vagas em evento

Para participar dos processos seletivos é necessário levar um documento de identificação original e o currículo atualizado

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter