X

RECEITAS DO FUTEBOL

Campeonato Paulista: Casas de apostas patrocinam 75% dos times

Dos 16 clubes, 12 têm patrocínio deste ramo seja na camisa ou em outros tipos de parceria, o que significa 75% dos competidores

Danilo Lavieri - Folhapress

Publicado em 24/01/2023 às 18:35

Atualizado em 24/01/2023 às 18:39

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Em jogo contra a Inter de Limeira, Corinthians levou a Pixbet na camisa / Alexandre Battibugli/Ag. Paulistão

O Campeonato Paulista de 2023 não fugiu à regra do futebol brasileiro nos últimos anos e se vê praticamente dominado por ações de marketing de casas de aposta. Dos 16 clubes da competição, 12 têm patrocínio deste ramo seja na camisa ou em outros tipos de parceria, o que significa 75% dos competidores.

Apenas a Inter de Limeira, a Ferroviária, a Portuguesa e o São Bernardo são times que não faturam com esse ramo. O próprio torneio fechou recentemente um acordo com o Esportes da Sorte, em um acordo que vai colocar a empresa em mais de cem partidas da competição em diferentes modos de ativação.

Leia Também

• Corinthians busca novo meia no Mercado

• Paulistano revela as histórias incríveis dos hinos de futebol do mundo

"Enxergamos o Paulistão como o expoente máximo dentre os estaduais de nosso país, tanto em termos de visibilidade, como em qualidade de evento futebolístico. Fomentar o maior campeonato estadual do esporte mais querido entre os brasileiros faz total sentido para o Esportes da Sorte", afirmou Darwin Filho, CEO do Esportes da Sorte.

Todos os grandes clubes do futebol paulista contam com patrocínios de empresas do ramo de apostas esportivas. O Corinthians, maior vencedor da história da competição, e o Santos, clube com o maior número de artilheiros do Paulista, possuem o incentivo da Pixbet. Palmeiras e São Paulo, últimos dois campeões do torneio, têm os apoios de Betfair e Sportsbet.io, respectivamente, sendo esse último patrocinador máster.

"As casas de apostas têm investido em peso no futebol, uma vez que essas parcerias geram resultados positivos para ambas as partes. Os clubes recebem uma verba importante e, por outro lado, as empresas do ramo conquistam um espaço de grande relevância, com repercussão até fora do país. Com o atual sucesso desses acordos, acredito que a quantidade dos patrocínios entre as companhias e os times só deve crescer", diz Hans Schleier, diretor de marketing da Casa de Apostas.

O fenômeno de crescimento das empresas de apostas esportivas no futebol extrapola o estado de São Paulo e atinge todo o País. Na última edição do Campeonato Brasileiro, todos os 20 clubes que participaram do torneio possuíam acordos comerciais com companhias do ramo e apenas o Palmeiras não contava com exposições no uniforme de jogo.

"As casas de apostas têm investido centenas de milhões de reais no futebol brasileiro. Esse investimento é importante para os clubes e as competições, afinal se bem empregado em uma boa gestão, todos serão favorecidos", afirma Fábio Wolff, sócio-proprietário da Wolff Sports, que intermediou parcerias como a do Ituano com a Betfast.io e como a do Santos com a Pixbet.

Para a temporada 2023, duas competições organizadas pela CBF contam com parcerias da Betano. Nesta semana, a entidade máxima do futebol brasileiro anunciou a casa de apostas como patrocinadora da Supercopa do Brasil. Além disso, a Copa do Brasil deste ano teve naming rights vendidos para a companhia.
 

Veja os patrocínios:

  • Paulista - Esportes da Sorte, Betnacional, Betano, e Parimatch
  • Grupo A: Botafogo-SP - Estrela Bet; Bragantino - mrJack.bet; Inter de Limeira - nenhum; e Santos - Pixbet
  • Grupo B: São Paulo - Sportsbet.io; Mirassol - Bet7K; Água Santa - Esportiva.bet; e Guarani - Esportes da Sorte
  • Grupo C: Corinthians - pixbet; Ferroviária - nenhum; Ituano - Betfast.io; e São Bento - betnacional
  • Grupo D: Palmeiras - Betfair; Portuguesa - nenhum; Santo André - Esportiva.bet; e São Bernardo - nenhum
     

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ARMAS E DROGAS

Polícia prende especialistas em roubo de cargas milionárias em SP; veja fotos

Quadrilha vinha sendo investigada por três roubos no interior paulista

Apagão 2024

Mancha solar reaparece e pode causar apagão

A tempestade desse mês foi marcada por auroras boreais e austrais em vários lugares do mundo

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter