Publicidade

X

Campeonato Brasileiro

Corinthians bate Coritiba em ritmo de treino e dá adeus a ano sem brilho

Fausto Vera e Romero fizeram os gols da partida, ainda no primeiro tempo

ANDRÉ MARTINS - Folhapress

Publicado em 06/12/2023 às 23:59

Atualizado em 07/12/2023 às 00:02

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Apesar disso, o resultado encerra mais uma temporada turbulenta e sem conquistas para o Alvinegro paulista, que não levanta um título desde o início de 2019 / Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

O Corinthians venceu o Coritiba sem dificuldade por 2 a 0, no Couto Pereira, na 38ª e última rodada do Brasileirão. Apesar disso, o resultado encerra mais uma temporada turbulenta e sem conquistas para o Alvinegro paulista, que não levanta um título desde o início de 2019.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Fausto Vera e Romero fizeram os gols da partida, ainda no primeiro tempo. Os tentos saíram com 11 e com 20 minutos de bola rolando.

O volante argentino desencantou com a camisa do Alvinegro paulista. Já o atacante paraguaio marcou seu sexto gol nos últimos seis jogos.

O Corinthians termina o Brasileiro na 13ª colocação, com 50 pontos. Ao todo, foram 12 vitórias, 14 empates e 12 derrotas, com 47 gols marcados e 48 sofridos.

O Coxa, já rebaixado antecipadamente, ficou em 19ª, estagnado em 30. A equipe não tinha chance de subir na tabela e se despediu da elite do futebol nacional na vice-lanterna.

O clube do Parque São Jorge se despede de mais uma temporada sem levantar nem um troféu. Em 2023, o Corinthians amargou eliminações nas quartas do Paulistão, na fase de grupos da Libertadores e nas semis da Sul-Americana e da Copa do Brasil.

O JOGO

Sem grandes pretensões de nenhum lado, a partida começou em marcha lenta. Com a presença na Série A e vaga na Sul-Americana garantidas, o Corinthians poupou nomes de peso como Cássio e Renato Augusto, enquanto os donos da casa, já rebaixados, nem sequer contaram com o apoio da torcida — devido à punição do STJD pela batalha campal no duelo contra o Cruzeiro.

Não demorou, no entanto, para a equipe visitante assumir o controle e construir a vantagem. Em nove minutos, Fausto Vera desencantou e Romero balançou a rede novamente em sua fase artilheira para abrir 2 a 0. À frente no placar, o time de Mano diminuiu a intensidade e passou a administrar as ações até o intervalo.

A tônica do duelo seguiu a mesma na segunda etapa. O Coritiba não conseguiu levar perigo, enquanto os comandados por Mano ditaram o ritmo sem precisar se esforçar, tocando de lado. As substituições aumentaram o clima de jogo-treino no último compromisso da temporada.

DESTAQUES
1x0. Aos 11' da etapa inicial, Fausto Vera recebeu na intermediária, dominou girando e mandou um foguete de longe, sem chances para o goleiro adversário.

2x0. Aos 20', Romero acionou Bidu na esquerda, que cruzou para a área. A defesa do Coxa bobeou, Yuri Alberto deu uma canelada na bola e a sobra ficou com o paraguaio. O camisa 11 chutou rasteiro, de primeira, e contou com o desvio na marcação para ampliar.

Pênalti descartado. Aos 36', Jamerson partiu para cima de Fagner pela esquerda, invadiu a área e cruzou para trás.

A bola bateu no lateral e foi para a linha de fundo. o VAR checou um possível toque no braço do corintiano, mas o jogo seguiu

Quase o terceiro. Aos 10' segundo tempo, Romero roubou a bola no campo de ataque e serviu Yuri Alberto, que avançou pela esquerda até a linha de fundo e cruzou para trás. Matheus Araújo apareceu livre no meio da área e chapou de primeira, mas a bola passou triscando a trave do lado oposto.

Estádio: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data e hora: 6 de dezembro de 2023, às 21h30
Árbitro: Jonathan Benkenstein Pinheiro
Assistentes: Thiago Augusto Kappes e Maira Mastella Moreira
VAR: Daniel Nobre Bins
Amarelos: Lucas Ronier
Vermelhos: Não houve
Gols: Fausto Vera, aos 11'/1ºT, e Romero, aos 20'/1ºT

CORITIBA
Pedro Morisco; Natanael, Thalisson, Thiago Dombroski (Lucas Ronier) e Jamerson; Willian Farias (Maurício Antônio), Sebastián Gómez e Andrey (Éberth); Gabriel Silva (Matheus Bianqui), Edu (Diogo Batista) e Kaio. T.: Guto Ferreira

CORINTHIANS
Carlos Miguel; Fagner, Gil, Caetano e Matheus Bidu; Cantillo, Fausto Vera (Ruan Oliveira [Bruno Méndez]), Biro (Giovane) e Matheus Araújo, Yuri Alberto (Wesley) e Romero (Felipe Augusto). T.: Mano Menezes

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Assassinato

VÍDEO: Policial aposentado é morto por criminoso na zona leste de SP

Criminoso estaciona e mata policial aposentado; arma do ex-agente é roubada

CRIMINALIDADE

Polícia Civil fecha empresa que aplicava golpes financeiros no centro de SP

Golpe era através de aplicativos de mensagens; 23 pessoas foram apreendidas na operação

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter