X

Esportes

Corinthians empata com o Racing-URU, em estreia na Sul-Americana

Opção do técnico António Oliveira por Pedro Raul como centroavante e Yuri Alberto na ponta não surtiu efeito

Folhapress

Publicado em 02/04/2024 às 23:43

Atualizado em 02/04/2024 às 23:53

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Corinthians soma um ponto e vê o Argentinos Juniors assumir a liderança do grupo F / Reprodução/Instagram/Racing-URU

Em sua estreia na Sul-Americana, o Corinthians empatou com o Racing-URU na noite desta terça-feira (2), no Estádio Centenário. O gol do alvinegro foi feito por Yuri Alberto, enquanto Alanís empatou para o adversário.

Siga as notícias da Gazeta de S.Paulo no Google Notícias

O Corinthians apresentou muita dificuldade para abrir o placar e levou o empate no fim. O clube paulista ainda viu outro gol do Racing ser anulado por impedimento. 

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O Corinthians teve semanas livres para treinar após a eliminação precoce no Campeonato Paulista e mostrou problemas semelhantes: espaços na defesa e sufoco para criar no ataque.

A opção do técnico António Oliveira por Pedro Raul como centroavante e Yuri Alberto na ponta não surtiu efeito. O gol só saiu quando o reserva Romero começou a jogada, e Garro deu a assistência para Yuri.

O Corinthians soma um ponto e vê o Argentinos Juniors assumir a liderança do grupo F. A equipe argentina venceu o Nacional-PAR por 3 a 2 fora de casa. Só um time avança direto para as oitavas de final. 

Corinthians: Cássio tem trauma no quadril e será reavaliado diariamente

O time alvinegro voltará a campo para enfrentar o Nacional, terça-feira, na Neo Química Arena, pela segunda rodada da fase de grupos da Sul-Americana.

COMO FOI O JOGO

O Corinthians não foi bem na etapa inicial. Eliminado na primeira fase do Campeonato Paulista, o clube teve muito tempo para treinar, mas não correspondeu em campo.

A melhor chance do primeiro tempo foi do Racing, com o chute de Verón na trave. Na oportunidade mais clara do time alvinegro, Yuri Alberto dominou mal o lançamento de Garro e parou no goleiro Bacchia.

O Corinthians teve 66% de posse de bola, mas só finalizou quatro vezes, contra seis do Racing. O Timão teve dificuldade para criar e errou dois de cada 10 passes tentados.

Sócrates, 70 anos: veja como o Doutor se tornou uma lenda do Corinthians

MARTÍRIO CONTINUA

O Corinthians conseguiu voltar pior para a etapa final e nada acontecia no jogo até as mudanças do técnico António Oliveira.

O treinador português tirou o zagueiro Gustavo Henrique para colocar o volante Fausto Vera, recuando Raniele para a defesa. Na frente, entrou Romero e saiu o inoperante Pedro Raul.

Mais solto, o Corinthians abriu o placar aos 23 minutos, quando Romero ganhou dois pés de ferro e tocou para Garro cruzar na cabeça de Yuri Alberto.

Só que o Corinthians não conseguiu controlar o jogo após o gol e levou um susto aos 34 minutos, quando Varela marcou de cabeça. O lance foi anulado por impedimento.

No minuto 39, não deu mais para resistir. Sosa deu lançamento para Alanís vencer Cássio, selando o 1 a 1 no Uruguai.

RACING: Bacchia, Cotugno, Magallanes, Monzón e Martín Ferreira; Varela, Erik De Los Santos (Pereira) e Lucas Rodríguez; Tomas Veron (Alaníz), Urretaviscaya (Mederos) e Nandín (Sosa). Técnico: Eduardo Espinel

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique (Fausto Vera) e Hugo (Matheus Bidu); Raniele, Breno Bidon (Cacá) e Rodrigo Garro; Yuri Alberto, Wesley (Pedro Henrique) e Pedro Raul (Romero). Técnico: António Oliveira

Estádio: Centenário, em Montevidéu (Uruguai)
Árbitro: Jhon Hinestroza (COL)
Assistentes: Jhon Gallego (COL) e Mary Blanco (COL)
VAR: Jhon Perdomo (COL)
Cartões amarelos: Pereira (RAC); Hugo e Garro (COR)
GOLS: Yuri Alberto (COR), aos 23 minutos, e Alanís (RAC), aos 39 minutos do segundo tempo

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Não perca essa oportunidade

Cidade no interior de SP encerra inscrições de novo concurso nesta sexta

Prefeitura Municipal de Jahu têm processo seletivo têm salários que chegam a R$ 6.008,73

DROGAS NO LITORAL

Depósito com uma tonelada de cocaína é encontrado no Guarujá

Cães farejadores encontraram as drogas em meio a sucatas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter