X

SUPOSTO CASO DE RACISMO

Perícia define como inconclusiva investigação sobre suposta fala racista contra Edenílson

Meia do Internacional já disse ter certeza que lateral do Corinthians, Rafael Ramos, o chamou de "macaco" e protestou contra a definição da investigação

Da Reportagem

Publicado em 08/06/2022 às 17:16

Atualizado em 08/06/2022 às 17:28

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Reprodução Instagram

A perícia oficial da justiça do Rio Grande do Sul chegou a conclusão de que não é possível identificar as palavras proferidas por Rafael Ramos ao meia Edenílson.

A perícia oficial, em documento de 40 páginas, foi enviada nesta quarta-feira pelo IGP para a 2ª Delegacia de Polícia de Porto Alegre, e conclui que "é impróprio afirmar o que foi proferido pelo jogador na cena questionada", como diz um trecho do texto.

Nas últimas semanas, o caso seguiu na esfera esportiva. Edenilson e Rafael Ramos prestaram depoimentos no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e mantiveram as versões apresentadas anteriormente.

O meia do Internacional se mostrou totalmente irritado e chateado com a decisão, e protestou em suas redes sociais, com um stories afirmando que foi mais um caso de racismo que foi "calado" pela justiça.

Stories de Edenílson - (Foto: Reprodução Instagram)

Além disso, o jogador alterou seu nome na bio do Instagram, acrescentando "Macaco" como primeira palavra. 

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Lançamento

Nova geração da XRE 300 chega as concessionárias em agosto; confira

Depois de um hiato de 15 anos, a Tornado voltará ao mercado unindo a essência clássica que a tornou famosa às tecnologias modernas

NOVA AMAROK

Novo carro da Volkswagen chega no Brasil em agosto; saiba qual

Modelo ficou na sexta posição em ranking de picapes médias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter