X

SANTOS CAIU

'Pesadelo': Queda do Santos para a Série B repercute entre políticos

Márcio e Caio França, Telma de Souza, Paulo Corrêa Jr. e outras lideranças políticas lamentaram a queda do Santos para a Série B

Bruno Hoffmann

Publicado em 07/12/2023 às 11:17

Atualizado em 07/12/2023 às 11:21

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Marcio França é torcedor fanático do Santos / Reprodução/Facebook

A queda do Santos para a Série B do Campeonato Brasileiro, sacramentada na noite desta quarta-feira, repercutiu entre políticos que são torcedores do clube, com choro, cobranças à diretoria e esperança em um futuro melhor para o Alvinegro Praiano.

O ministro da Pequena e Média Empresa, Márcio França (PSB), postou uma foto de si chorando, e o texto: “Minha lágrima , será água para meu retorno a vida”. O ex-prefeito de São Vicente é torcedor fanático do clube, e até tentou ser jogador das categorias de base do Santos quando era adolescente.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Filho de França, o deputado estadual Caio França (PSB-SP) criticou a diretoria pela queda. “Difícil aceitar o rebaixamento. O Santos não merecia, mas a atual gestão fez de tudo para que isso acontecesse. E conseguiu. É doloroso assistir o time que você ama passar por isso”, escreveu em um story do Instagram.

Depois, o parlamentar exaltou a torcida, e finalizou: “Eu estarei com o Santos onde e como ele estiver”.

O deputado estadual Paulo Corrêa Jr. (PSD) publicou o famoso “textão” nas redes sociais para lamentar a queda da equipe. “Hoje meu coração está pesado, mergulhado na tristeza e na mais profunda decepção. Ver o Santos sendo rebaixado é como assistir a um pesadelo se concretizando diante dos meus olhos. A incredulidade se mistura à dor. É difícil aceitar que um clube com tamanha história, tradição e uma legião de apaixonados torcedores tenha enfrentado esse destino cruel. desfecho amargo”, começou.

Depois, o deputado disse que, “mesmo diante desse golpe”, a esperança persiste e que o momento seja um alertar para que no próximo sábado a história do clube comece a mudar, quando ocorrer eleições para a presidência do Santos.

“Será árduo mas apenas passageiro e que, com garra, determinação e um olhar para o futuro, o Santos ressurja das cinzas, mais forte e resiliente do que nunca. Porque o amor por esse clube, mesmo na tristeza, continua inabalável”.

A ex-prefeita e atual vereadora Telma de Souza (PT), de Santos, lamentou a queda, mas disse que nada justifica as cenas de violência vistas no entorno da Vila Belmiro após a partida.

“A queda para a Série B é um dos mais tristes capítulos da história gloriosa do Santos F.C. Entristece profundamente nossa torcida, nossa terra e nossa gente. Mas nada justifica a violência e vandalismo no entorno da Vila Belmiro, assustando torcedores e moradores e trazendo enormes prejuízos para a Cidade e a população. Que os criminosos sejam identificados, punidos e cobrados pelos prejuízos”, escreveu ela.

O ex-governador João Doria (sem partido) não havia feito qualquer comentário após o fechamento deste texto, mas em sua postagem mais recente pelo X (ex-Twitter) os torcedores já faziam um apelo: “Já comprou a SAF do Santos?”.

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Não perca essa oportunidade

Cidade no interior de SP encerra inscrições de novo concurso nesta sexta

Prefeitura Municipal de Jahu têm processo seletivo têm salários que chegam a R$ 6.008,73

DROGAS NO LITORAL

Depósito com uma tonelada de cocaína é encontrado no Guarujá

Cães farejadores encontraram as drogas em meio a sucatas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter