X

CASA NOVA

PVC deixa Grupo Globo e assina com UOL e Paramount

Além da coluna, o comentarista participará também de programas em vídeo do Canal UOL, além de poder cobrir a Liberta para o streaming da Paramount +

Da Reportagem

Publicado em 19/01/2023 às 16:39

Atualizado em 19/01/2023 às 16:48

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Paulo Vinícius Coelho, o PVC, deixou o Grupo Globo após dois anos / Reprodução/SporTV

O jornalista Paulo Vinícius Coelho, conhecido como PVC, deixou a Globo e o SporTV e passa a integrar a equipe da Paramount, streaming que conquistou os direitos de transmissão da Libertadores nos próximos três anos. A informação foi publicada pelo Uol.

O Uol anunciou que o jornalista volta a integrar o elenco de colunistas do site, onde ele estava até assinar com a Globo, em 2020, e passar a ter um blog no 'ge.globo'.

A estreia de PVC no portal online será no mês de fevereiro, segundo o Yahoo Esportes. e, além da coluna que o comentarista voltará a assinar, ele participará também de programas em vídeo do Canal UOL.

Jornalista renomado e referência no mundo do esporte, PVC tem passagens por grandes veículos brasileiros, como Placar, Fox Sports, ESPN e o LANCE!, onde cobriu a Copa do Mundo de 1998. 

Paramount na Libertadores

Dona dos canais MTV e Nickelodeon, a Paramount exibirá 80 partidas por ano com a Libertadores e Sul-Americana através do streaming Paramount+, plataforma que está no Brasil desde o ano passado, mas ainda tem uma fatia pequena do público por aqui. Os direitos são dividido em TV fechada com os canais ESPN e Star+, da Disney.

É a primeira vez que a Paramount transmitirá a competição. O sucesso da Libertadores nos últimos anos e a relevância do torneio contribuíram para o interesse da empresa. Desde 2014, a Paramount está ativa no serviço de streaming.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Apagão 2024

Mancha solar reaparece e pode causar apagão

A tempestade desse mês foi marcada por auroras boreais e austrais em vários lugares do mundo

PRESOS EM FLAGRANTE

Polícia prende dupla que tentava instalar 'chupa cabra' em caixa eletrônico da Grande SP

De acordo com a Polícia Civil, dispositivo estava conectado a uma central interligada ao equipamento

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter