X

SÃO PAULO FC

Sem Calleri, São Paulo goleia Portuguesa em casa com brilho de Galoppo

Rogério Ceni poupou alguns titulares visando o jogo contra o Corinthians no domingo (29)

BRUNO MADRID - FOLHAPRESS

Publicado em 26/01/2023 às 23:30

Atualizado em 26/01/2023 às 23:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Galoppo marca dois gols e São Paulo goleia a Portuguesa / Reprodução/ Premiere

Mesmo sem Calleri em campo, o São Paulo fez a lição de casa nesta quinta-feira (26), goleou a Portuguesa por 4 a 1 no Campeonato Paulista e, agora, tem o clássico contra o Corinthians para manter a invencibilidade na temporada. Luciano foi o responsável por abrir o placar, enquanto Galoppo —que atuou na posição do camisa 9 argentino— fez mais dois e Pedrinho deixou o dele. Lucas Nathan ainda descontou para a Portuguesa.

O duelo foi realizado no Morumbi. Rogério Ceni poupou alguns titulares visando o jogo contra o Corinthians no domingo (29). Galoppo foi escolhido para atuar como atacante e, além dos dois gols, mostrou eficiência.

O São Paulo chegou aos oito pontos e é líder isolado do Grupo B. A Portuguesa, por outro lado, estacionou nos quatro pontos e é a lanterna da chave D.

O JOGO

Rogério Ceni surpreendeu e colocou o argentino Galoppo na função exercida por Calleri. Deu certo: no início do duelo, ele se movimentou bastante, conseguiu criar boas jogadas e abriu espaço para as chegadas, principalmente, de Luciano pelo meio.

O São Paulo, gradativamente, passou a encurralar a Portuguesa no campo de defesa e apostou nas jogadas pelas laterais. Aos 15 minutos, Wellington Rato aproveitou um dos vários cruzamentos para a área e acertou a trave. Pouco depois, David cabeceou nas mãos de Thomazella.

A insistência na bola jogada na área inaugurou a mudança de placar —mas em escanteio. Rato cobrou fechado e Luciano, no meio dos zagueiros da Lusa, testou firme para as redes. Foi o primeiro gol do agora camisa 10 na temporada.

Os mandantes ampliaram o placar aos 12 minutos do segundo tempo. David recebeu de Welington e fez linda jogada pela esquerda: depois de passar por três marcadores, o atacante cruzou rasteiro para o meio e viu Galoppo, que já havia decidido para o São Paulo contra a Ferroviária, empurrar para o gol.

O terceiro gol do time de Ceni saiu aos 30 minutos. Nestor foi derrubado por Madison dentro da área e viu a arbitragem marcar pênalti. Galoppo, com muita categoria, deslocou Thomazella e balançou as redes novamente.

Os visitantes descontaram em contra-ataque. Depois de afastar um escanteio do adversário, a bola sobrou para Rafael Costa, que acionou Lucas Nathan. O meia deslocou Rafael e diminuiu.

O São Paulo aproveitou um erro na saída de bola da Portuguesa e fechou o placar. Liziero bloqueou lançamento da zaga, e Pedrinho não perdoou com uma finalização de esquerda.

SÃO PAULO
Rafael; Orejuela, Beraldo, Alan Franco e Welington (Liziero); Pablo Maia, Nestor (Marcos Paulo), Galoppo e Wellington Rato (Luan); David (Pedrinho) e Luciano (Juan). Técnico: Rogério Ceni.

PORTUGUESA
Thomazella; Pará, Bruno Leonardo, Victor Ramos e Thallyson; Gustavo Bochecha (Marzagão), Madison, Lucas Nathan e Tauã (Richard); João Victor (Lucas Venuto) e Paraizo (Daniel Costa). Técnico: Mazola Júnior.

Estádio: Morumbi, em São Paulo (SP)

Árbitra: Salim Fende Chavez

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Rafael Tadeu Alves de Souza

VAR: Daiane Muniz dos Santos

Cartões amarelos: Pablo Maia, Luciano e Marcos Paulo (SÃO); Pará, Madison e Tauã (POR)

Gols: Luciano (são), aos 36'/1ºT; Galoppo (SÃO), aos 12' e aos 30', Lucas Nathan (POR), aos 41', e Pedrinho (SÃO), aos 43'/2ºT

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Apagão 2024

Mancha solar reaparece e pode causar apagão

A tempestade desse mês foi marcada por auroras boreais e austrais em vários lugares do mundo

PRESOS EM FLAGRANTE

Polícia prende dupla que tentava instalar 'chupa cabra' em caixa eletrônico da Grande SP

De acordo com a Polícia Civil, dispositivo estava conectado a uma central interligada ao equipamento

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter