X

IDOLATRIA TRICOLOR

Veja quais são os cinco maiores ídolos da história do São Paulo

Veja quais são os cinco maiores ídolos da história do São Paulo Futebol Clube eleitos pela Gazeta

Leonardo Sandre

Publicado em 23/08/2022 às 11:00

Atualizado em 20/05/2024 às 16:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Veja quais são os cinco maiores ídolos da história do São Paulo Futebol Clube eleitos pela Gazeta / Rubens Chiri/saopaulofc.net

Após a origem dos apelidos dos grandes clubes paulistas, a Gazeta traz agora o "top five" com os maiores ídolos da história de cada clube. Veja abaixo, em ordem crescente, os cinco maiores ídolos da história do São Paulo Futebol Clube, segundo a reportagem.

 

5 - LEÔNIDAS DA SILVA

O "Diamante Negro" - sim, o famoso chocolate tem seu nome em homenagem a ele -, que segundo historiadores foi quem eternizou e tornou a "bicicleta" algo tão famoso e esbelto em nosso futebol, era considerado o Rei do Futebol, até o surgimento do Pelé.

Chegou ao São Paulo com desconfiança, com idade razoavelmente avançada, mais de um ano sem atuar, mas fez valer cada centavo investido: em sete paulistas disputados, conquistou cinco. Em 214 jogos pela equipe, totalizou 144 gols, sendo assim até hoje o 8º maior artilheiro da história do São Paulo, segundo dados do próprio clube.

É justo considerar Leônidas como o protagonista da época do agigantamento da equipe, afinal depois que ele chegou, os títulos vieram de monte.

Arte feita em 2013, em homenagem aos 100 do Diamante Negro/ Divulgação saopaulofc.net

4 - RAÍ

O histórico camisa 10 apelidado merecidamente de "Terror do Morumbi" parecia só faltar fazer chover em campo.

É bem verdade que mais recentemente, fora das quatro linhas e dentro da diretoria do São Paulo na Gestão Leco, o ídolo não conseguiu fazer um bom trabalho, mas nada que ofusque sua história como jogador: craque do time histórico do São Paulo de Telê Santana, protagonista da Libertadores e Mundial de 1992.

Retornou ao clube em 1998, e no mesmo dia de seu retorno já entrou em campo na final do Paulista e fez o gol do título contra o arquirrival Corinthians, feito esse que demonstra a grandeza e estrela que Raí tem no time do Morumbi.

rai sao pauloRaí, o Terror do Morumbi, eterno camisa 10 do São Paulo FC/ Divulgação saopaulofc.net

3 - MURICY RAMALHO

Ótimo como jogador, extraordinário como técnico, e quem carrega o título dado pelos torcedores de ser "o maior São-Paulino vivo", Muricy Ramalho colecionou trófeus e feitos históricos no Clube da Fé. Muricy praticamente nasceu no time, onde esteve na maioria dos anos de sua carreira como treinador, além é claro, de ser são-paulino assumido.

Entre seus feitos eternizados estão: Três Brasileiros de forma consecutiva (2006/07/08) - único clube a conseguir tal feito até os dias atuais, além de salvar o time do rebaixamento em 2013, colocando ordem na casa e repondo a equipe nos trilhos das vitórias, chegando a ser vice-campeã do mesmo campeonato na edição seguinte.

Muricy, inclusive, abandonou seu trabalho como comentarista do Grupo Globo para poder, novamente, ajudar seu clube do coração. Eficiente e inesquecível, afinal "aqui é trabalho, meu filho".

Muricy Ramalho em campanha mágica, levando 3 Brasileirões seguidos/ Rubens Chiri - saopaulofc.net

2 - TELÊ SANTANA

Mais que conquistas (o que ele teve de sobras), possui sua filosofia eternamente registrada no clube. Rígido, porém para lá de eficaz, Telê espantou de vez a fama de pé frio que lhe acompanhava, além de tudo com um futebol mágico, muito belo de se assistir.

Bicampeão da Libertadores e Bicampeão Mundial, de forma consecutiva, 1992 e 1993, Telê Santana ainda pode levar os créditos de ter sido o mentor de Muricy Ramalho, outro nome de enorme sucesso pelo clube, anos depois.

Não apenas no São Paulo, o ex-técnico é até hoje citado no Brasil e até internacionalmente como um dos melhores treinadores da história do esporte.

Técnico Telê Santana, multicampeão pelo São Paulo FCMestre Telê Santana, considerado um dos melhores treinadores da história do futebol/ Divulgação saopaulofc.net

1- ROGÉRIO CENI

Para nenhuma surpresa do público, o M1to fica em primeiro lugar do pódio e dispensa apresentações, sendo não apenas o maior ídolo do clube, como um dos maiores jogadores historicamente do futebol mundial, afinal, Ceni está no Guiness Book (o livro dos recordes) e em mais de uma categoria!

1237 jogos pelo Tricolor do Morumbi, sendo o jogador que mais vezes vestiu a camisa de um mesmo clube; 131 gols, sendo o goleiro com mais gols na história do futebol, sendo 61 de falta, 69 de pênalti e um considerado de bola rolando; 971 jogos como capitão da equipe, sendo o jogador que mais vezes atuou vestindo a braçadeira de uma equipe.

Isso tudo além de mais de 30 títulos - incluindo Libertadores, Mundial, três Brasileiros seguidos, Paulista e Sul-Americana, e mais de 25 anos de clube.

Rogério Ceni celebra seu centésimo gol, marcado em cima do Corinthians/ Rubens Chiri - saopaulofc.net

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

NESTA TARDE

Tarcísio de Freitas vai anunciar trens da Capital a Santos e ao Vale do Paraíba

Segundo apurado pela Gazeta, anúncios serão sobre a contratação de estudos para dois novos Trens Intercidades, com ligação da Capital a Santos e a São José dos Campos

Transportes

SPTrans abre Licitação para centralizar arrecadação bilionária do Bilhete Único

Empresa busca instituição financeira para gerenciar cerca de R$ 7,2 bilhões arrecadados anualmente com o Bilhete Único

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter