últimas notícias
Uma das linhagens foi constatada exclusivamente no Brasil, enquanto a outra foi identificada no Brasil quanto nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Chile
Uma das linhagens foi constatada exclusivamente no Brasil, enquanto a outra foi identificada no Brasil quanto nos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália e Chile
Foto: Martin Sanchez/Unsplash

Mortes dobram em 2 semanas e chegam a 4.118 em SP

Até o momento, 434 municípios tiveram pelo menos um caso confirmado e houve no mínimo uma morte em 192 cidades, entre as 645 que integram o Estado

O estado de São Paulo chegou à marca de 4.118 mortes pelo novo coronavírus nesta quarta-feira. O número representa praticamente o dobro de suas semanas atrás, quando eram 2.049 vítimas fatais em 28 de abril.

De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde, até o momento, 434 municípios tiveram pelo menos um caso confirmado e houve no mínimo uma morte em 192 cidades, entre as 645 que integram o Estado.

A secretaria esclarece ainda que a cada 10 vítimas fatais da Covid-19, pelo menos sete tinham 60 anos ou mais. Por outro lado, este grupo representa apenas 21% do total de casos confirmados, que predominam entre os não idosos. Das 51.097 pessoas infectadas em SP, 78% eram crianças, jovens ou adultos com até 59 anos.

Macaque in the trees
Casos de Covid-19 no Estado de São Paulo

As internações também têm crescido. Hoje, são 9,6 mil pacientes internados em São Paulo. A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento a Covid-19 é de 68,3% no Estado e 87,2% na Grande São Paulo.

Entre as vítimas fatais há 726 mais homens do que mulheres. Neste momento há o registro de da morte pelo novo coronavírus de 2.422 homens e de 1.696 mulheres.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta