últimas notícias
A aeronave vinda da China pousou no Aeroporto de Guarulhos por volta das 11h40 desta segunda
A aeronave vinda da China pousou no Aeroporto de Guarulhos por volta das 11h40 desta segunda
Foto: Governo do Estado de São Paulo

São Paulo recebe mais 500 mil doses da CoronaVac

Quinto lote foi entregue no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo; outro carregamento com 1,5 milhão de doses deve chegar na próxima quarta-feira

O quinto lote de doses da vacina chinesa contra a Covid-19 chegou em São Paulo nesta segunda-feira. A carga com 500 mil doses foi entregue no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo.

A aeronave vinda da China pousou no aeroporto por volta das 11h40. Outro carregamento com mais 1,5 milhão de doses deve chegar na próxima quarta-feira (30), totalizando 10,8 milhões de doses até o fim de dezembro.

No dia 24 de dezembro, São Paulo recebeu uma carga de 5,5 milhões de doses, distribuídas entre 2,1 milhões de doses já prontas para aplicação e outros 2,1 mil litros de insumos, correspondentes a 3,4 milhões de doses. A carga foi recebida no Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas, no interior de São Paulo.

CoronaVac

A eficácia da CoronaVac ainda não foi anunciada, mas de acordo com o secretário de Saúde do estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, o imunizante ultrapassou o valor mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é de 50%.

O objetivo é que os dados de todos os países que estão testando o imunizante sejam comparados, evitando que a vacina tenha diferentes índices de eficácia anunciados. A avaliação deverá ser concluída em até 15 dias, contados desde 23 de dezembro, podendo ser antecipada. Na sequência, os resultados finais serão encaminhados à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e à National Medical Products Administration, da China.

A eficácia de uma vacina é indicada após testes na fase 3 de estudos. Ela representa a proporção de redução de casos entre o grupo vacinado comparado com o grupo não vacinado. Teoricamente, se uma vacina tem 90% de eficácia, isso significa dizer que 90% das pessoas que tomam a vacina ficam protegidas contra aquela doença.

Comentários

Tops da Gazeta