últimas notícias
O corpo de Kathia estava no fundo de um rio
O corpo de Kathia estava no fundo de um rio
Foto: Reprodução/Facebook

Corpo de jovem desaparecida após ligar para o pai é achado em SP; vídeo

Apesar de o corpo de Kathia ter sido encontrado, o mistério segue sem esclarecimento, diz a Polícia

Após quase três dias de buscas, a Polícia Civil encontrou, na tarde desta quinta-feira (13), o corpo da jovem de 22 anos que desapareceu após fazer uma ligação para o pai dizendo que havia sofrido um acidente de carro. 

De acordo com agentes da corporação, o corpo de Kathia Fernandes Oliveira estava dentro do rio onde o carro que ela dirigia foi identificado. A vítima estava a cerca de 500 metros de onde o veículo foi retirado pelo Corpo de Bombeiros na terça-feira (11).

Rio Novo, local onde o corpo de Kathia estava, é um afluente que fica entre Águas de Santa Bárbara e Iaras, no interior de São Paulo, e que fica às margens da uma rodovia. O texto conta com informações do g1.

O corpo da jovem estava no fundo do rio, enroscado e por isso não foi encontrado anteriormente, segundo informações do delegado Omar Zedan Vieira, responsável pelas investigações. Agora, ele será encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Avaré para exame necroscópico para identificar a causa da morte.

Mistério segue sem esclarecimento

Ainda nesta quinta-feira pela manhã, agentes da Polícia Civil ouviram o rapaz de Iaras com quem Kathia iria se encontrar na noite em que saiu de casa e também o ex-namorado dela. O delegado ressalta que nenhum deles é considerado suspeito.

A polícia analisa, além das declarações, imagens de câmeras de segurança para ajudar a desvendar o caso. Um vídeo gravado pela câmera de um posto de combustíveis em Manduri revela que Kathia abasteceu seu carro momentos antes do acidente acontecer. 

Na gravação obtida pelo g1 a moça aparece sozinha dentro do carro vermelho. Ela é atendida pelos frentistas e segue viagem. Assista abaixo:

O que fiz a família

Ainda abalada com o caso, a irmã de Kathia contou que chegou a conversar com o rapaz que a familiar encontraria na noite em que desapareceu. “Um morador de Iaras disse que tinha marcado um encontro com Kathia, mas que ela não tinha aparecido. Ele até mostrou uma mensagem que Kathia enviou para ele, dizendo que estava abastecendo o carro e logo chegaria”.

Thaimara Souza relata ainda que, após a família ter recebido a ligação de Kathia dizendo que tinha sofrido um acidente de carro, ela tentou refazer o percurso que a irmã costumava fazer de carro.

"Fizemos o possível percurso e vimos que, perto da ponte, havia uma cerca estourada e que o palanque estava com marcas de tinta vermelha, a mesma cor do carro de Kathia. Meu coração ficou apertado. Perto do rio, meu esposo encontrou a placa do carro e mergulhou para ver se encontrava alguma coisa. Então, chamamos a polícia e o Corpo de Bombeiros, que tiraram o carro."

A Polícia Civil de Águas de Santa Bárbara segue investigando o caso, com apoio das equipes das cidades de Óleo, Manduri e Iaras. O local onde carro foi encontrado passou por perícia e as equipes trabalham com várias linhas de investigação. 

De acordo com o delegado, a polícia também pediu a quebra de sigilo telefônico de Kathia, mas o celular dela não foi localizado.

Comentários

Tops da Gazeta