X

IMPORTANTE

Em Guarujá, 5ª edição do 'Conexidades' vai abordar a segurança pública

Encontro reúne prefeitos, secretários, vereadores, empresários, autoridades e demais convidados no Casa Grande Hotel

Carlos Ratton

Publicado em 06/06/2022 às 08:25

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O evento será no Casa Grande Hotel Resort e Spa, na Praia da Enseada / Divulgação

Por conta das situações de insegurança envolvendo Guarujá nos últimos meses, a organização da 5ª edição do Conexidades - Encontro Nacional de Parceiros Públicos e Privados, que ocorrerá entre amanhã (7) e 11 (sábado), resolveu abordar o tema "Segurança Pública, Dever do Estado e Responsabilidade de Todos". O evento será sempre das 7 às 19 horas, no Casa Grande Hotel Resort e Spa, na Praia da Enseada.

A novidade foi anunciada em audiência pública na Câmara de Vereadores pela presidente executiva da União de Vereadores do Estado de São Paulo (UNIVESP), a Jornalista Silvia Melo Silva. Segundo ela, os próprios municípios indicaram qual seria o tema mais importante a ser tratado dentro todos os demais no evento. Porém, tomando ciência da grave crise que a cidade atravessa na área de segurança pública, mudou o tema anterior que era "O Brasil que a Nação Deseja".

A audiência ocorreu para tratar do planejamento estratégico especial de serviços essenciais que cobrirão o evento. Um forte esquema de segurança já está em andamento na Cidade. O Conexidades reunirá vereadores, prefeitos, governadores, secretários estaduais, ministros e representantes da administração direta e indireta, dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário.

Além da segurança pública, outros assuntos a serem abordados serão Saúde, Educação, Geração de Empregos e Renda, Sustentabilidade e Meio Ambiente. Silvia ressaltou a importância do apoio da Polícia Militar, Polícia Rodoviária, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal, para garantir a segurança de todos os participantes.

O objetivo do Conexidades é instruir, orientar e preparar os agentes públicos visando a excelência de suas funções, além de fazer a conexão entre o poder público e as empresas interessadas em investir nos municípios ou participar do processo de desestatização.

Cerca de quatro mil pessoas estão sendo esperadas para os cinco dias de evento, vindas de diversas cidades do Estado e de mais de 15 estados da Federação. Há uma previsão de ter um público flutuante a cada dia do evento de aproximadamente 10 mil visitantes. O evento contará com 129 palestrantes e com atividades culturais de mais de 70 cidades de São Paulo e de outros Estados.

Além de toda a programação que será desenvolvida no Centro de Convenções do Casa Grande Hotel Resort, haverá um city tour pela cidade, dando ênfase aos pontos turísticos e, neste ano, haverá também uma linha especial para que os visitantes possam conhecer o comércio do Distrito de Vicente de Carvalho, que é considerado o maior Shopping à céu aberto da região.

Dentre as presenças já confirmadas estão a do presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles; do governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia e secretários estaduais; do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Dimas Ramalho; do procurador geral do Ministério Público, Mário Sarrubbo; do Ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes; entre outros convidados.

A solenidade de abertura acontece às 19h30 e terá a presença da prefeita de Guarujá, Adriana Machado, e contará também com a participação da ex-modelo e ativista feminista, Luiza Brunet, que defende os direitos das mulheres, já que a violação desses direitos femininos será um dos temas discutidos no evento.

MAIS SEGURANÇA.
Vale lembrar que a questão de segurança melhorou na Cidade após a tragédia que interrompeu o lançamento oficial da Operação Pronta Resposta, na Praça 14 Bis, em Vicente de Carvalho, quando, a cerca de 20 metros do local do evento, uma mulher morreu após ser atingida por disparos no confronto entre criminosos e a Polícia Militar (PM). O Governo do Estado resolveu enviar 10 equipes das Rondas Ostensiva Tobias de Aguiar (Rota) para atuar 24 horas no Município. A ação integra o conjunto de estratégias previsto na Operação Maré Alta, organizada pela Polícia Militar, com o apoio da Guarda Civil Municipal e da Força Tarefa Municipal.

A Cidade ganhou apoio especializado das equipes de inteligência e a do Comando de Policiamento de Choque - em cuja estrutura está a Rota, além do Batalhão de Ações Especiais de Polícia (BAEP).

A Reportagem do Diário estava presente no momento da tragédia. Os bandidos, dentro de um pálio preto com a placa com o último número adulterado, vinham sendo perseguidos desde um assalto no supermercado Extra localizado a dois quilômetros da praça.

Assim que soube da ocorrência, o efetivo da PM que iria participar da solenidade saiu também na perseguição dos marginais que, depois de tentarem escapar do cerco, bateram o carro na ilha de pedestre que divide as avenidas Guilherme Guinle e Thiago Ferreira, no Paecará.

A troca de tiros foi intensa e obrigou a dezenas de pessoas a se abrigarem como podiam para não serem atingidas. A mulher foi alvejada na ilha e o marido saiu ileso. Os quatro bandidos saíram do carro e deitaram no chão em rendimento após a troca de tiros.

Os paramédicos ficaram quase 40 minutos tentando salvar a mulher atingida. O corpo só foi retirado às 11h30, após a área isolada por fitas zebradas ser periciada pela Polícia Civil.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Lançamento

Nova geração da XRE 300 chega as concessionárias em agosto; confira

Depois de um hiato de 15 anos, a Tornado voltará ao mercado unindo a essência clássica que a tornou famosa às tecnologias modernas

NOVA AMAROK

Novo carro da Volkswagen chega no Brasil em agosto; saiba qual

Modelo ficou na sexta posição em ranking de picapes médias

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter