Publicidade

X

Estado

Estado de São Paulo promove 'Dia D' de vacinação contra a gripe neste sábado

Junior Dothcom

Publicado em 04/05/2019 às 01:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Neste sábado, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo promoverá o "Dia D" de vacinação contra a gripe. Mais de 39 mil profissionais estarão mobilizados nos 5,7 mil postos fixos e volantes em todo o território paulista, das 8h às 17h, para vacinar pessoas que pertencem aos grupos prioritários e que ainda não estão imunizadas.

Serão 4,5 mil postos no interior paulista e cerca de 670 na Capital e na Grande São Paulo, além de 970 instituições envolvidas. Desde o início da campanha, em 10 de abril, 3,5 milhões de cidadãos já foram imunizados contra o vírus Influenza no Estado de São Paulo.

Em média, foram cerca de 220 mil pessoas por dia. Até o dia 2 de maio, foram vacinadas 934 mil crianças (com idade maior que 6 meses e menor que 6 anos); 167 mil gestantes, 39 mil puérperas, 1,5 milhão de idosos, 284 mil profissionais da saúde, 2,4 mil indígenas, 71 mil professores e 429 mil pacientes com doenças crônicas, entre outros.

IMUNIZAÇÃO.

O Governo do Estado de São Paulo afirma que a campanha segue até o dia 31 de maio deste ano, com a meta de vacinar 90% da população-alvo, de 13,2 milhões de paulistas. "O 'Dia D' de vacinação é uma oportunidade para que pessoas pertencentes aos grupos prioritários, que têm rotinas mais intensas durante a semana, compareçam aos postos", afirma a diretora de Imunização da Secretaria, Helena Sato.

"Tomar a vacina é especialmente importante para evitar complicações futuras, como pneumonias. A dose não provoca gripe, já que é composta apenas de fragmentos do vírus que causam a devida proteção, mas são incapazes de causar a doença", acrescenta.

Segundo recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), a vacina de 2019 prevenirá a população-alvo contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B. A vacina contra gripe é produzida pelo Instituto Butantan, localizado na capital paulista, unidade vinculada à Secretaria da Saúde, que ofereceu 64 milhões de doses ao Ministério da Saúde para a realização da campanha em todo o Brasil neste ano.

"Temos feito um trabalho muito grande pela vacinação. Trata-se de um dia de grande mobilização nacional. Contamos com a participação de toda a sociedade neste sábado, no 'Dia D'", ressalta o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. (GSP)

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Direitos Humanos

'Inconcebível', diz Alckmin sobre ataques contra civis em Gaza

Assim como Lula, vice-presidente fez apelo à comunidade internacional

Política

Lula se reúne com Maduro para tratar de eleições na Venezuela no segundo semestre

Palácio do Planalto informou que questão de Essequibo não foi tratada

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter