X

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Homem é linchado até a morte em SP após suspeita de matar mulher a marretadas

Um familiar contou à polícia que Antônio teria ido a sua casa, confessado o crime e depois fugido; antes de morrer ele foi encontrado em Guarulhos

Joe Silva

Publicado em 04/01/2023 às 14:03

Atualizado em 04/01/2023 às 14:23

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Tatiane Lima foi encontrada no chão de casa, com cortes profundos no rosto e na cabeça / REPRODUÇÃO/RECORD TV

Um homem foi encontrado com diversos ferimentos em uma área de mata em Guarulhos, na Região Metropolitana de São Paulo, no último fim de semana. Segundo a polícia, Antônio Ferreira é suspeito de teria matado a esposa com golpes de marreta na última quarta-feira (28) e por isso pode ter sido linchado até a morte.

Antônio ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com informações do portal R7, a polícia trabalha com duas hipóteses: a de que populares tenham feito justiça com as próprias mãos para vingar a mulher, e a de que ele tenha sido vítima de um tribunal do crime.

A companheira de Antônio era Tatiane Lima dos Santos, de 28 anos. Ela teria sido morta pelo marido com diversos golpes de marreta após ele saber de uma possível traição. O corpo dela foi encontrado no chão da casa com cortes profundos no rosto e na cabeça, além de marcas superficiais na barriga.

Segundo as investigações, o crime aconteceu na casa onde a vítima morava com o marido e os filhos, um de 1 ano e o outro de apenas 1 mês. Um familiar contou aos policiais que Antônio teria ido a sua casa com diversas sacolas, confessado o crime e depois fugido.

Ele ficou foragido até ser encontrado morto em Guarulhos. A polícia da cidade investiga o caso.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Leilão de veículos

Detran-SP realiza leilão online com lances a partir de R$ 2 mil

Carros conservados e sucatas disponíveis; visite e faça seu pré-lance em julho

Licitação

Prefeitura de Capivari abre licitação de R$ 807 mil para recapear ruas

Obras serão destinadas às ruas Vitório Gatti e Américo Forti, no bairro Porto Alegre; prazo de entrega da obra é de até 3 meses

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter