X

LUGARES DE SP

Memória: Sala São Paulo foi o primeiro espaço de concertos do Brasil

Inaugurada em julho de 1999, espaço de concertos era antes um jardim de inverno em uma estação de trem

Gladys Magalhães

Publicado em 12/05/2022 às 16:02

Atualizado em 12/05/2022 às 16:03

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Sala São Paulo / Jose Cordeiro /SPTuris

A Sala São Paulo, localizada no bairro de Campos Elíseos, na antiga estação Júlio Prestes, foi inaugurada em julho de 1999. Porém a história da primeira sala de concertos do Brasil, e considerada uma das melhores do mundo, começou muito tempo antes, no início do século passado.

Segundo informações do Governo do Estado de São Paulo, entre o final do século 19 e o início do século 20, o café era um dos produtos mais importantes da economia brasileira, porém suas plantações encontravam-se cada vez mais distantes da cidade de São Paulo e do litoral paulista, o que levou os barões do café, junto com os produtores de algodão, a construírem a Estrada de Ferro Sorocabana.

Edifício da Estrada de Ferro Sorocabana
Edifício da Estrada de Ferro Sorocabana (Arquivo Nacional)

 A estação
Inaugurada em 1875, o objetivo da malha ferroviária era ligar o interior ao litoral do estado, tornando mais fácil o transporte dos produtos. Uma das estações da tal estrada era a Estação Júlio Prestes, que demorou 13 anos para ser concluída e foi inaugurada em 1925.

Projetada por Cristiano Stockler das Neves, a estação foi inspirada na Gran Central Station, de Nova York, e na Pennsylvania Station, sendo que seu nome é uma homenagem ao então presidente da Província do Estado de São Paulo e presidente do Brasil, Julio de Albuquerque Prestes.

Ainda que tenha sido um orgulho aos paulistas da época, a crise de 1929 e a queda nos preços do café fizeram com que logo a estação perdesse protagonismo, acabando abandonada anos depois.

Fachada do prédio da Sala São Paulo
Fachada do prédio da Sala São Paulo  (Divulgação Governo do Estado)

Restauração
O renascimento do prédio ocorreu na década de 1990, quando o governador Mário Covas decidiu construir ali, no jardim de inverno da estação, uma sala de concertos. As obras se iniciaram em 1997 e duraram um ano e meio, custando R$ 44 milhões.

A reforma ficou a cargo do arquiteto Nelson Dupré em parceria com a arquiteta Luizette Davini e contou ainda com a consultoria acústica de José Augusto Nepomuceno, sendo que um dos diferenciais do espaço é o teto ajustável, que pode ficar a uma altura máxima de 25 metros acima do piso principal e se moldar às diferentes necessidades acústicas.

Tida como a primeira sala de concertos do Brasil e uma das melhores do mundo, a Sala São Paulo possui 25 mil m² e é tombada pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico (CONDEPHAAT) desde o ano de sua inauguração.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Licitação

Prefeitura de Capivari abre licitação de R$ 807 mil para recapear ruas

Obras serão destinadas às ruas Vitório Gatti e Américo Forti, no bairro Porto Alegre; prazo de entrega da obra é de até 3 meses

Gazeta Mais

Especialista lista 6 sinais de que um restaurante é ´péssimo'; saiba identificar

Para a revista "Food 7 Wine", o especialista em restaurantes Darron Cardosa revelou sinais que apontam que o lugar não tem qualidade

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter