Publicidade

X
NOVA VARIANTE

Ômicron: Estado de SP confirma 3º caso de paciente com variante

Trata-se de um homem de 29 anos que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos no último sábado, vindo da Etiópia; ele está em isolamento e sem sintomas

Publicidade

Passageiro contaminado desembarcou no Aeroporto de Guarulhos no último sábado, vindo da Etiópia / / Willian Moreira/Futura Press/Folhapress

Nesta quarta-feira, a Secretaria de Saúde de São Paulo confirmou o terceiro caso da variante ômicron do coronavírus no Estado. Trata-se de um homem de 29 anos que desembarcou no Aeroporto de Guarulhos no último sábado (27), vindo da Etiópia, quando foi diagnosticado com Covid-19. A amostra foi sequenciada geneticamente pelo Instituto Adolfo Lutz.

O passageiro não apresentava sintomas. De acordo com informações da Secretaria de Saúde, ele já foi vacinado com as duas doses do imunizante da Pfizer. O homem está em isolamento domiciliar desde o último sábado em Guarulhos, cidade onde reside, e continua sem sintomas da doença.

Os dois primeiros caso da variante ômicron no País foram confirmados pelo Lutz na tarde desta terça-feira (30), após sequenciamento genético realizado pelo laboratório do Hospital Israelita Albert Einstein. Os casos são de homem de 41 anos e uma mulher de 37, provenientes da África do Sul. Eles desembarcaram no Brasil no dia 23 e fizeram exame antes de embarcar novamente no dia 25.

Ambos tiveram resultado positivo em exames de PCR coletado no laboratório do Einstein no Aeroporto  de Guarulhos antes de viagem à África do Sul. Nesta quarta-feira (1º), a vigilância municipal da Capital atualizou as informações dos pacientes para a pasta estadual e informou que ambos foram vacinados com o imunizante da Janssen na África do Sul, corrigindo a informação inicial que não haviam sido imunizados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Turismo

5 curiosidades da Ilha de Fernando de Noronha que você não sabia

As praias mais bonitas do mundo, no Nordeste do Brasil, escondem curiosidades que ninguém imagina

Saúde

Tratamento para casos graves de AVC deve chegar ao SUS até o fim do ano

O anúncio ocorreu no Global Stroke Alliance, evento em São Paulo que reúne políticos e especialistas nacionais e internacionais para discutir o AVC

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software