Publicidade

X

Estado

'Prefeitos da Região são reféns do baixo efetivo policial', afirma Caio Matheus

Segundo o prefeito de Bertioga, a Administração faz o seu papel de reforçar segurança, mas as medidas precisam partir do Estado e da União

Luana Fernandes

Publicado em 09/12/2023 às 07:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

A entrevista completa com o prefeito de Bertioga, Caio Matheus, pode ser conferida no YouTube do Diário do Litoral / Nair Bueno/ DL

Bertioga já está se preparando para a temporada de verão, quando a Cidade costuma receber muitos turistas. A segurança será reforçada, mas para o prefeito Caio Matheus, o efetivo das forças policiais deixa a desejar. “A Prefeitura - não só de Bertioga, mas eu tenho certeza que diversos prefeitos da Baixada Santista - entende que o novo governo estadual está buscando virar essa página. Mas, todos os municípios, todos os prefeitos são reféns do baixo efetivo da Polícia Militar e da Polícia Civil. Eu arrisco dizer que a Polícia Civil está sucateada porque nos últimos 10 anos não conseguiram resolver o problema de efetivo”, desabafa o chefe do Executivo da cidade mais nova da Região em entrevista ao Diário do Litoral.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Segundo o prefeito, a temporada de verão terá reforço vindo de duas frentes. “Um é do Governo Estadual, que é o fortalecimento via Operação Verão: virão mais 250 homens e mulheres para reforçar o efetivo da Polícia Militar, Rodoviária e Polícia Civil. Em paralelo, a gente está iniciando a formação de mais 160 homens e mulheres para que, 100 desses, venham fortalecer a Guarda Civil Municipal, que já foi criada, já existe e é armada. A gente vai mais que dobrar o efetivo em 120%, a partir do ano que vem, com a formatura desses novos guardas”, explica.

A ampliação do efetivo durante a temporada deve começar ainda este mês. “Eles devem chegar no dia 18. A Prefeitura, como sempre parceira, cedendo alojamento, alimentação, enfim um espaço para todos eles”, comenta Caio. Já sobre o reforço da GCM, o prefeito explica que nem sempre os guardas fazem o trabalho que lhes cabe. “Vai ser um momento histórico e de fortalecimento da Guarda Civil Municipal. Mas a segurança é compartilhada, na verdade. Poder de Polícia é do Estado. Nenhum prefeito tem gestão sobre a Polícia Militar e Civil, e são eles que são treinados para o combate ao crime. A GCM é ofensiva, é mais patrimonial. Ela tem o seu valor e trabalha, mas, muitas vezes, faz um serviço que não é dela”.

Caio Matheus afirma ainda que Bertioga, assim como outros municípios, diminuiu o número de policiais militares. “Há 20, 30 anos, tinha muito mais do que tem hoje e essa é a realidade de vários outros municípios. Por isso que os prefeitos acabam recebendo uma missão que não era nossa, que é a de investir ainda mais em segurança, sendo que o Estado e a União têm um bolo maior da receita tributária para fazer justamente isso”, finaliza.

Confira a entrevista completa com o prefeito de Bertioga, Caio Matheus, no YouTube do Diário do Litoral.

 

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

AMARELINHA

Dorival chama são-paulinos e palmeirenses na primeira convocação

Dorival Jr. fez a sua primeira convocação para a seleção brasileira nesta sexta; veja lista

MUNDO

OMS afirma que uma a cada oito pessoas são obesas

Cerca de mais de 1 bilhão de pessoas são obesas; obesidade entre crianças quadruplicou desde 1990

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter