Publicidade

X

GRANDE CAMPEÃ EM SP

Saiba o horário da apuração do Carnaval de SP e como funcionará o julgamento de cada quesito

Leitura das notas acontecerá no Sambódromo do Anhembi, zona norte da Capital; jurados avaliaram e pontuaram nove quesitos, entre eles fantasia, bateria e comissão de frente

Matheus Herbert

Publicado em 13/02/2024 às 16:01

Atualizado em 17/02/2024 às 04:12

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Mocidade Alegre é a atual campeã do Carnaval de São Paulo; agremiação soma 11 títulos na elite do Carnaval paulistano / Alice Vergueiro/Folhapress

Depois de desfiles memoráveis na última sexta-feira (9) e sábado (10) a grande campeã do Carnaval de São Paulo deste ano será revelada na tarde desta terça-feira (13). A apuração dos desfiles das escolas de samba do Grupo Especial será realizada a partir das 16h. A leitura das notas acontecerá no Sambódromo do Anhembi, zona norte da Capital, e será acompanhada apenas por diretores das escolas, convidados e profissionais da imprensa. 

Os jurados avaliaram e pontuaram nove quesitos, sendo eles: Bateria, Harmonia, Samba-Enredo, Fantasia, Alegoria, Enredo, Mestre-Sala e Porta-Bandeira, Evolução e Comissão de Frente. 

A ordem de leitura das notas foi determinada por sorteio na tarde desta segunda-feira (12), na sede Liga-SP - responsavél pelo Carnaval da capital paulista. Os quesitos seguirão a seguinte sequência:

  • 1º – Evolução
  • 2º – Comissão de Frente
  • 3º – Fantasia
  • 4º – Enredo
  • 5º – Samba-enredo
  • 6º – Bateria
  • 7º – Alegoria
  • 8º – Mestre-sala e porta-bandeira
  • 9º – Harmonia

Como será a apuração?

Durante a apuração, as notas são lidas por quesito e a menor delas é descartada. Ao final, as quantias são somadas e as duas escolas que tiverem as menores pontuações totais serão rebaixadas, disputando o Carnaval 2025 no Grupo de Acesso I.

As notas descartadas são sempre o primeiro critério de desempate a ser aplicado. Neste ano, o quesito "hamornia" foi sorteado para servir como o segundo critério. 

Como os jurados atribuem as notas?

No momento em que pisam na avenida, as escolas começam o desfile com nota 10 em todas as categorias. A partir daí, os 45 jurados do grupo Especial - cinco de cada categoria - recebem um manual e, a cada décimo tirado, devem justificar com base no documento. No momento da apuração, um quesito é descartado, e as notas anunciadas serão de 36 jurados, sendo quatro de cada categoria.

Além disso, os julgadores recebem uma pasta com o que foi planejado pela escola para comparar com o que foi apresentado durante o desfile.

Faça parte do grupo da Gazeta no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Fortes candidatas ao título de Campeã 

Neste ano, mais uma vez, o Carnaval de São Paulo teve uma disputa acirrada entre as agremiações. Após os desfiles, figuram como candidatas ao título as escolas: Acadêmicos do Tatuapé, Rosas de Ouro, Mancha Verde, Mocidade Alegre (atual campeã), Dragões da Real, Tom Maior e Império de Casa Verde. 

O desfile das Campeãs será no sábado (17) e contará com as seis escolas mais bem classificadas após a apuração.  

Entenda como é julgado cada quesito

  •  Quesito Bateria: inalterabilidade do ritmo, a versatilidade e a criatividade e a perfeita combinação dos sons emitidos pelos vários instrumentos.
     
  • Quesito Samba-Enredo: adequação da letra ao enredo; clareza e coesão da letra do samba, assim como a riqueza poética.  
     
  •  Quesito Harmonia: perfeita igualdade do canto do Samba-Enredo pelos componentes da Escola em consonância com o “Puxador” (cantor intérprete do samba) e a regularidade do canto durante todo o tempo de desfile.
     
  •  Quesito Evolução: fluência da apresentação (com penalidades para correrias, atrasos ou retornos de alas); empolgação dos membros do desfile e sua entrega à dança; coesão do desfile, isto é, a manutenção adequada do espaço entre alas e alegorias.
     
  • Quesito Enredo: formação de uma narrativa a partir da sequência das alas no desfile. 
     
  •  Quesito Alegorias: criatividade sem deixar de possuir significado dentro do enredo; exploração e distribuição de materiais e cores; acabamentos e cuidados na confecção e decoração.
     
  • Quesito Fantasias: concepção e a adequação das fantasias ao Enredo; criatividade com os materiais, cores e formas adotados, assim como a variedade de detalhes das fantasias. Também são avaliados os detalhes e uniformidade dentro das mesmas alas.
     
  •  Quesito Comissão de Frente: cumprimento de sua função principal de saudar o público e apresentar a agremiação, tudo isso de forma gentil e graciosa; impacto positivo ao público, no momento da apresentação da agremiação.
     
  • Quesito Mestre-Sala e Porta-Bandeira: fantasias, coreografia e apresentação do casal; a harmonia do par e movimentos coordenados.
Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Mundo

Senador quer convocar ministro após fala de Lula sobre Israel

Carlos Portinho disse que Lula 'provocou o início do que pode ser uma grave crise diplomática entre Israel e o Brasil'

Esportes

Felipão se irrita com torcedores do Atlético-MG após eles pedirem mudanças no time

Alguns torcedores pediram mais espaço para Alisson Santana, joia do clube

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter