últimas notícias
Pacientes são acompanhados na Policlínica Centro com serviço de orientação, avaliação de diagnóstico e até o tratamento
Pacientes são acompanhados na Policlínica Centro com serviço de orientação, avaliação de diagnóstico e até o tratamento
Foto: GABRIEL INAMINE/PMSBC

Hanseníase pode ser tratada gratuitamente em São Bernardo

Segundo o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, a hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada por bactéria, curável e pouco contagiosa, porém exige atenção no tratamento

Desde o começo do mês, em ação da campanha Janeiro Roxo, a Prefeitura de São Bernardo oferece, diariamente, de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, na Policlínica Centro, na avenida Armando Ítalo Setti, 402, grupos de conversa na sala de espera para alertar sobre a hanseníase e também acompanhamento clínico.

Ainda em janeiro, no dia 27, a equipe do Programa de Combate a Hanseníase, realizará uma ação especial de diagnóstico precoce da doença na Policlínica Centro. O atendimento será das 8h às 14h.

De acordo com o secretário de Saúde, Dr. Geraldo Reple Sobrinho, a hanseníase é uma doença infectocontagiosa causada por bactéria, curável e pouco contagiosa, porém exige atenção no tratamento.

"Embora seja uma doença basicamente cutânea, pode afetar os nervos periféricos, os olhos e, eventualmente, alguns outros órgãos. O período de incubação pode durar de 6 meses a 6 anos. Por isso, quanto antes diagnosticar e começar a tratar, melhor para o paciente", alertou Dr. Geraldo.

TRATAMENTO

Atualmente, 97 pacientes estão em acompanhamento no Programa da Policlínica Centro. Para o tratamento, o paciente pode ser encaminhado por uma unidade da rede de Saúde pública ou privada, ou ainda procurar espontaneamente o serviço.

Tops da Gazeta