últimas notícias
O assassinato de Romuyuki e Flaviana Gonçalves e do filho deles, Juan Victor, foi descoberto no dia 28 de janeiro
O assassinato de Romuyuki e Flaviana Gonçalves e do filho deles, Juan Victor, foi descoberto no dia 28 de janeiro
Foto: Reprodução/Redes Sociais

Filha, namorada e mais 3 se tornam réus acusados de matar e queimar pais e irmão no ABC

Justiça aceitou denúncia do MP e tornou réus 5 presos pelas mortes do casal de empresários e do filho deles em janeiro em Santo André; corpos foram achados queimados em São Bernardo

A Justiça tornou réus cinco presos acusados de matar e queimar um casal de empresários e seu filho adolescente no início deste ano na região do ABC Paulista. A informação foi confirmada na terça-feira pelo “G1”.


Entre os acusados de matar Romuyuki Veras Gonçalves, de 43 anos, sua mulher, Flaviana de Meneses Gonçalves, de 40, e o filho deles, o estudante Juan Victor Gonçalves, 15, estão a filha das vítimas e a namorada dela. São elas, respectivamente: Anaflávia Martins Meneses Gonçalves, 24, e Carina Ramos de Abreu, 26.


Os demais acusados são dois irmãos, primos de Carina, e outro comparsa. São eles, respectivamente: Juliano Oliveira Ramos Júnior, 22, e Jonathan Fagundes Ramos, 23. O outro réu é Guilherme Ramos da Silva, 19, vizinho deles.


Todos os cinco réus estão presos preventivamente acusados de assassinato, roubo, ocultação de cadáver e associação criminosa. Caberá à Justiça decidir depois se leva os acusados a júri popular e marcar a data de um possível julgamento para que eles respondam pelos crimes.


De acordo com a acusação feita pelo Ministério Público (MP), os crimes foram cometidos entre os dias 27 e 28 de janeiro deste ano nas cidades de Santo André, onde as vítimas moravam e foram mortas, e em São Bernardo do Campo, onde os corpos foram encontrados carbonizados dentro de um carro na estrada do Montanhão.

Comentários

Tops da Gazeta