últimas notícias
. Foram encontrados 598 produtos expostos à venda no estabelecimento; produtos foram enviados para perícia
. Foram encontrados 598 produtos expostos à venda no estabelecimento; produtos foram enviados para perícia
Foto: REPRODUÇÃO

Comerciante é preso por vender produtos com prazo de validade vencido

Foram apreendidos 598 produtos alimentícios com validade vencida desde 2015

O dono de um estabelecimento comercial de Taboão da Serra foi preso em flagrante por comercializar produtos fora do prazo de validade. A prisão foi registrada na tarde desta terça-feira, 28 no Jardim Record. Foram apreendidos 598 produtos alimentícios vencidos desde 2015.

De acordo com o boletim de ocorrência, policias civis do 2º DP da cidade foram investigar uma denúncia de crime contra as relações de consumo (vender, ter em depósito para vender ou expor à venda ou, de qualquer forma, entregar matéria-prima ou mercadoria, em condições impróprias ao consumo) em uma Casa do Norte no Jardim Record.

No local os agentes apreenderam diversos gêneros alimentícios, todos com validade vencida desde 2015. Foram encontrados 598 produtos expostos à venda. O proprietário foi preso em flagrante.

O comerciante de 57 anos foi levado para o 2ºDP de Taboão da Serra. Na delegacia, ele pagou uma fiança no valor de R$ 1 mil e foi liberado. Os produtos foram enviados para perícia.

Comentários

Tops da Gazeta