últimas notícias
Os Estados Unidos determinaram o fechamento do consulado 
da China em Houston, no Texas, nesta quarta-feira (22)
Os Estados Unidos determinaram o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas, nesta quarta-feira (22)
Foto: DAVID J. PHILLIP/ASSOCIATED PRESS

EUA determinam fechamento do consulado chinês em Houston

Autoridades chinesas classificaram a medida como ‘provocação política’; governo norte-americano pretende ‘proteger a propriedade intelectual’ e as informações dos cidadãos

Os Estados Unidos determinaram o fechamento do consulado da China em Houston, no Texas, nesta quarta-feira (22). De acordo com o Departamento de Estado americano, o fechamento visa “proteger a propriedade intelectual americana e as informações privadas dos americanos”. Em resposta, a China qualificou a medida como provocação política e afirmou que retaliará a decisão.

A China tem 72 horas para fechar o local. “Ordenamos o fechamento do consulado da República Popular da China em Houston para proteger a propriedade intelectual americana e a informação privada dos cidadãos”, informou a porta-voz Morgan Ortagus, durante visita do secretário de Estado americano, Mike Pompeo, a Copenhague.

Segundo a porta-voz, “a China se envolve há anos em operações ilegais de espionagem nos Estados Unidos contra funcionários do governo dos EUA e cidadãos americanos”.

A decisão de fechar o consulado ocorre em meio a tensões travadas pela pandemia da Covid-19. Há alguns dias, os Estados Unidos acusaram hackers chineses de tentarem roubar estudos sobre a vacina contra a doença.

“Os Estados Unidos não vão tolerar qualquer violação da nossa soberania nem intimidação do nosso povo por parte da China, como tampouco toleramos as práticas comerciais injustas, o roubo dos empregos americanos e outros comportamentos. O presidente Trump insiste na justiça e na reciprocidade em nossas relações”, completou Ortagus.

Consulados da China

A China possui cinco consulados nos Estados Unidos: em Chicago, Houston, Los Angeles, Nova Iorque, São Francisco e a embaixada em Washington.

De acordo com jornais de Houston, alguns bombeiros foram ao edifício do consulado chinês porque documentos estavam sendo queimados. Em uma rede social, a polícia local afirmou que havia fumaça, mas não houve uma autorização para entrar no consulado.

Reação

As autoridades chinesas classificaram a decisão de “provocação política”. “É uma provocação política que viola gravemente o direito internacional”, disse o porta-voz da diplomacia chinesa, Wang Wenbin.

“Por algum tempo, o governo dos EUA vem transferindo a culpa para a China com estigmatização e ataques injustificados contra o sistema social da China, assediando funcionários diplomáticos e consulares chineses, intimidando e interrogando estudantes chineses e confiscando seus dispositivos elétricos pessoais, até mesmo detendo-os sem causa”, completou o porta-voz.

Para a agência de notícias “Reuters”, um dos motivos para o fechamento do consulado chinês é o fechamento do consulado americano em Wuhan, cidade que foi o epicentro da Covid-19 no início da pandemia.

Os Estados Unidos ainda possuem consolados em Chengdu, Guangzhou, Houng Kong, Shenyang e Xangai, além da embaixada em Pequim.

Comentários

Tops da Gazeta