últimas notícias
A suspensão é prevista em testes de vacina e é adotada 
para garantir a segurança e a integridade dos voluntários
A suspensão é prevista em testes de vacina e é adotada para garantir a segurança e a integridade dos voluntários
Foto: FREEPIK

Estudo de vacina contra Covid-19 de Oxford já tinha sido interrompido antes, diz secretário de saúde do Reino Unido

De acordo com o secretário, a suspensão não é necessariamente um atraso na pesquisa

Nesta quarta-feira (9), o secretário de saúde do Reino Unido, Matt Hancock, afirmou que a suspensão dos testes da vacina contra Covid-19 da Universidade de Oxford e da AstraZeneca divulgada na terça-feira (8) não foi a primeira.

"É obviamente um desafio para esse ensaio clínico específico. Não é, na verdade, a primeira vez que isso aconteceu com a vacina de Oxford", informou Hancock à Sky News.

Na terça-feira, a universidade e a farmacêutica anunciaram a suspensão dos testes da vacina devido a uma reação adversa em um dos voluntários. Atualmente, o experimento está na fase 3 de testes.

Ao ser questionado sobre um possível atraso no processo, o secretário disse que não é necessariamente um atraso, pois “isso depende do que eles encontrarem na investigação".

Os testes estão sendo revisados pela agência que regulamenta medicamentos no Reino Unido (MHRA) para decidir se a farmacêutica pode retomá-los.

Um dos diretores do órgão, Siu Ping Lam, disse que a agência está trabalhando em parceria com o Centro de Vacinas de Oxford para revisar as informações de segurança.

“Estamos revendo com urgência todas as informações e trabalhando ativamente com os pesquisadores para determinar se o ensaio pode recomeçar assim que possível”, informou Siu Ping Lam.

No Brasil

A vacina produzida pela Universidade de Oxford e pela AstraZeneca é a principal aposta do governo para imunizar a população brasileira. O ministro-interino da saúde, Eduardo Pazuello, chegou a dizer nesta terça que planeja a campanha de vacinação contra a Covid-19 para janeiro de 2021.

Comentários

Tops da Gazeta