últimas notícias
Protocolo de segurança no aeroporto Jorge Chavez, no Peru, após a chegada de passageiros da Europa no começo da pandemia
Protocolo de segurança no aeroporto Jorge Chavez, no Peru, após a chegada de passageiros da Europa no começo da pandemia
Foto: Minsa

Argentina, Chile, Colômbia e Peru suspendem voos do Reino Unido

Países são os primeiros da América Latina a adotar essas medidas; governo argentino abriu exceção para um voo previsto para chegar nesta segunda-feira

A Argentina, o Chile, a Colômbia e o Peru irão fechar as suas fronteiras aéreas com o Reino Unido devido ao avanço da nova variante do coronavírus. Na Argentina, na Colômbia e no Peru a medida entra em vigor nesta segunda-feira (21) e no Chile na terça-feira (22).

"O Governo Nacional dispôs a suspensão preventiva das entradas e das saídas dos voos com a Grã-Bretanha, à raiz da situação epidemiológica que esse país registra, após declarar a aparição de uma nova linhagem de Covid-19", disse a Presidência da Argentina em nota no domingo (20).

De acordo com o governo argentino, há uma exceção para o voo 245, da companhia British Airways, previsto para chegar a Buenos Aires nesta segunda-feira. O avião estava em pleno processo operacional em Londres quando a decisão foi anunciada.

Leia mais:

Países europeus suspendem voos do Reino Unido

"Os passageiros e a tripulação deverão cumprir uma quarentena de sete dias, depois de atenderem os requisitos exigidos para a entrada no país: um exame de PCR negativo e uma cobertura médica contra Covid", informou o comunicado.

Colômbia

Qualquer passageiro que tenha estado no Reino Unido e que tenha entrado na Colômbia nos últimos oito dias ficará em isolamento por duas semanas, de acordo com o presidente Iván Duque.

"Essas pessoas serão notificadas, a partir da informação migratória que possuímos. Peço a essas pessoas que, ao receberem esta informação, entendam a importância de ficar em isolamento por 14 dias", informou o presidente.

Além disso, o presidente também afirmou que aqueles que tenham estado no Reino Unido entre nove e 14 dias atrás serão contatados para o acompanhamento de eventuais sintomas.

"Estas medidas são uma prevenção. Não são para gerar nem pânico nem uma preocupação", destacou Duque.

Chile

A suspensão de voos diretos entra em vigor a partir de terça-feira (22). Além disso, qualquer passageiro estrangeiro não-residente que tenha estado no Reino Unido nas últimas duas semanas será proibido de entrar no Chile, independente da destinação inicial do voo. Aqueles que já estão no Chile, mas que estiveram no Reino Unido nas últimas duas semanas, serão obrigados a cumprir uma quarentena de 14 dias.

Peru

"Como medida preventiva, não autorizaremos voos diretos ou com escala no Reino Unido até novo aviso", disse o Ministério dos Transportes e Comunicações na noite deste domingo.

Brasil

O Ministério da Saúde argentino vai coordenar uma reunião de emergência para avaliar a situação dos países vizinhos, especialmente do Brasil. "Estou preocupado com o que está acontecendo na América do Sul. Estão aumentando os casos em todos os países vizinhos", revelou o ministro da Saúde argentino, Ginés González García.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta