X

Mistério

Elon Musk diz que pode morrer misteriosamente e sugere envolvimento russo

'Se eu morrer em circunstâncias misteriosas, foi bom conhecer vocês', escreveu o bilionário no Twitter

Da Folhapress

Publicado em 09/05/2022 às 15:22

Atualizado em 09/05/2022 às 15:27

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Elon Musk tem fortuna avaliada em mais de R$1 trilhão / Reprodução Instagram

O bilionário Elon Musk, 50, deixou seus seguidores curiosos neste domingo (8) ao fazer um tuíte sobre a possibilidade de morrer misteriosamente e, pouco tempo depois, compartilhar uma mensagem do antigo vice-primeiro-ministro da Rússia, Dmitry Rogozin, o que sugeriu que a Rússia pudesse ter algum envolvimento no tuíte anterior.

"Se eu morrer em circunstâncias misteriosas, foi bom conhecer vocês", escreveu o fundador da Space X. No próximo tuíte, ele mostrou uma mensagem em que o ex-ministro condenava a empresa por seu projeto Starlink permitir que um grupo neonazista ucraniano usasse a internet. O projeto consistia em entregar terminais de internet para militares ucranianos e para o batalhão neonazista Azov.

"De acordo com nossas informações, a entrega do equipamento Starlink foi realizada pelo Pentágono. Elon Musk, portanto, está envolvido no fornecimento de equipamentos de comunicação militar às forças fascistas na Ucrânia. E por isso, Elon, você será responsabilizado como um adulto – não importa o quanto você se faça de bobo", dizia o comunicado.

Porém, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, negou que o batalhão Azov seja ligado ao neonazismo. "Não há anjos na guerra", completou o bilionário em outro tuíte feito na manhã desta segunda-feira (5).

A mãe do magnata, Maye Musk, também chegou a comentar sobre o tuíte de seu filho. "Isso não é engraçado", respondeu ela à frase. "Desculpe! Vou fazer o máximo para continuar vivo", respondeu Musk, na sequência.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nasceu em julho ou agosto?

Caixa libera abono do PIS/PASEP para trabalhadores nascidos em julho e agosto

Governo deve liberar R$ 4,5 bilhões para os benefícios, sendo R$ 3,9 bilhões para o PIS e R$ 613 milhões para o PASEP

Delação Premiada

Caso Marielle: STF julga esta terça denúncia dos mandantes envolvidos no crime

Ministros vão decidir se os suspeitos se tornarão réus por homicídio e organização criminosa; acusados estão presos desde março

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter