últimas notícias
Atendimento presencial foi suspenso em março deste ano; a retomada estava prevista para ontem, mas foi prorrogada
Atendimento presencial foi suspenso em março deste ano; a retomada estava prevista para ontem, mas foi prorrogada
Foto: THIAGO NEME/GAZETA DE S. PAULO

Atendimento presencial nas agências do INSS deve voltar em 14 de setembro

Atendimento on-line aos segurados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social segue até o dia 11 de setembro

O atendimento on-line aos segurados e beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) seguirá até do dia 11 de setembro e a retomada do atendimento presencial nas agências está prevista ter início em 14 de setembro. A portaria do INSS e da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia foi publicada na edição desta segunda-feira (24) do Diário Oficial da União.

A retomada do atendimento presencial, que foi suspenso em março, estava prevista para esta segunda-feira (24), mas foi prorrogada. O início do atendimento deverá ocorrer de forma gradual e com agendamento prévio pelo canais virtuais.

Enquanto a retomada não é iniciada, os segurados podem acessar os serviços pelo Meu INSS, pela internet, e Central 135, pelo telefone. De acordo com o INSS, essas formas de atendimento continuarão sendo utilizadas após a reabertura das agências.

Novos serviços

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotou um serviço intitulado “Exigência Expressa” para agilizar a entrega de documentação para a análise de requerimentos que não foram concluídos virtualmente. Esse serviço está sendo feito em todo o País.

Os documentos podem ser entregues em urnas que foram colocadas na entrada das agências. O depósito deve conter cópias simples dos documentos solicitados e a entrega deve ser realizada na unidade mais próxima da sua residência. Para isso, é preciso fazer o agendamento pelo Meu INSS ou Central 135.

Além deste serviço, o INSS deu início ao projeto-piloto da prova de vida por biometria facial através dos aplicativos do Governo Digital e Meu INSS. O serviço estará disponível para cerca de 500 mil usuários selecionados pelo órgão.

A prova de vida deve ser realizada todos os anos, no mês de aniversário do segurado, na agência bancária onde o benefício é sacado. No entanto, devido à pandemia, o procedimento está suspenso até setembro.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta