últimas notícias
Cidade colonial,considerada Patrimônio Histórico Nacional, preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos.  Passear pelo Centro Histórico de Paraty é entrar em outra época, onde o caminhar é vagaroso devido às pedras
Cidade colonial,considerada Patrimônio Histórico Nacional, preserva até hoje os seus inúmeros encantos naturais e arquitetônicos. Passear pelo Centro Histórico de Paraty é entrar em outra época, onde o caminhar é vagaroso devido às pedras "pés-de-moleque" de suas ruas. As construções de seus casarões e igrejas traduzem um estilo de época e os misteriosos símbolos maçônicos que enfeitam as suas paredes nos levam a imaginar como seria a vida no Brasil de antigamente. A proibição do tráfego de automóveis no Centro contribui para esta viagem pelo "Túnel do tempo"
Foto: Dabldy

Viagem no tempo

DESCANSO. Localizada entre Rio de Janeiro e São Paulo, Paraty oferece atrativos naturais e históricos

Com belas praias e passeios históricos, Paraty se tornou a opção preferida de quem deseja buscar uns dias de descanso. De acordo com a agência de viagens 123 Milhas, o Centro Histórico de Paraty "é como uma viagem no tempo que vale muito ser feita".

"Em Paraty, houve diferentes tombamentos que abrangem a cidade e o município: o conjunto arquitetônico e paisagístico da cidade foi tombado pelo Iphan, em 1958; o município de Paraty recebeu o título de Monumento Nacional, em 1966; e um novo tombamento incluiu o entorno do conjunto arquitetônico e paisagístico do município, em 1974. Neste conjunto, destacam-se seu valor excepcional, a extraordinária beleza natural, a originalidade da área do município, além da importância do papel histórico que Paraty representou como elemento de ligação entre as capitanias do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais", afirma a prefeitura da cidade.

Mesmo sendo uma cidade pequena, Paraty tem muito a oferecer. Fundada em 1630, viveu seu auge no período colonial, quando escoava o ouro e as pedras preciosas que embarcavam para Portugal. Pode ser acessada facilmente de carro e combina belezas naturais com atrativos culturais.

CULTURA.

De acordo com a ViajaNet, agência de Viagens on-line, Paraty é um prato cheio para quem ama cultura. O calendário é animado e começa em maio, com o Bourbon Jazz Festival, que conta apresentações gratuitas do melhor do jazz, blues e música soul.

Em junho, a FLIP, Festa Literária Internacional de Paraty, reúne grandes escritores do Brasil e do mundo. Este ano, o homenageado será Euclydes da Cunha. Já em setembro, é a vez do Paraty em Foco, festival internacional de fotografia, o mais importante encontro do gênero no Brasil e em toda a América Latina.

Ainda em setembro, acontece o 3º Encontro SESC de Cinema de Animação e também movimenta as ruas da cidade. E, durante o ano todo, os visitantes podem conferir a programação do Teatro Espaço. Localizado no centro histórico, o teatro traz apresentações de contadores de histórias e outros artistas. (Priscila Freitas)

Tops da Gazeta