últimas notícias
Hopi Hari
Hopi Hari
Foto: Divulgação

A volta dos parques temáticos

Fechados desde que a pandemia foi decretada, os parques reabrem em São Paulo, com as limitações de público e protocolos sanitários

Os passeios em família e amigos voltaram: o governador João Doria anunciou, no dia 16 de setembro, que os parques temáticos no estado de São Paulo podem retomar suas atividades. A data estipulada pelo governo foi 23 de setembro, mas alguns parques reabrem somente neste sábado, 26 - e outros voltarão no dia 1º de outubro.

"A retomada segura substitui viagens ao exterior e internas até que as coisas se normalizem no mundo", afirmou o Secretário do Turismo, Vinicius Lummertz, presente na ocasião. Mas vale lembrar: somente estão liberados os parques temáticos abertos, os que funcionam em ambientes fechados ainda não podem reabrir.

Mais de 100 parques podem voltar, mas com todos os requisitos impostos pela pandemia: limitação de 40% do público, funcionamento de oito horas diárias, uso obrigatório de máscaras, medição de temperatura na entrada e a venda de ingressos deve ser feita pela internet. As prefeituras farão a fiscalização.

Um que não pode ficar de fora desta lista é o Hopi Hari, em Vinhedo. O parque reabre no sábado, e funcionará, por enquanto, somente nos finais de semana, das 10h às 17h. As atrações que funcionam em locais fechados não estarão funcionando, mas as demais estarão abertas. O evento Hora do Horror, que já estava funcionando em formato drive-in, continuará em atividade, das 18h às 21h30, até 1º de novembro.

Vizinho ao Hopi Hari está o parque aquático Wet 'n' Wild, em Itupeva, que também retoma as atividades no dia 26 de setembro.

Macaque in the trees
Wet 'n Wild. Na cidade de Itupeva, o parque aquático reúne milhares de turistas, com atrações que atraem quem procura sossego até quem quer aventuras radicais. O ingresso deve ser comprado com três dias de antecedência pela internet, e custa a partir de R$ 99.

Para entrar no parque, os ingressos precisam ser adquiridos pelo menos com três dias de antecedência. Além da roupa de banho, a máscara é outro item que deverá ser levado na bagagem, e o uso é obrigatório. O local também somente abrirá nos finais de semana, das 10h às 17h.

O Magic City fica em Suzano e retomou suas atividades no dia 24 de setembro. Um dos diferenciais do parque é que ele está no meio da Mata Atlântica: é fácil ver as árvores quando se desfruta dos brinquedos. Funciona há mais de 40 anos - antes, era um acampamento para crianças e jovens - e hoje conta com pousadas, lanchonetes, auditório e áreas para eventos. O horário de funcionamento é das 10h às 17h, de quinta-feira a domingo.

Macaque in the trees
Magic City. Na cidade de Suzano fica um dos parques aquáticos mais antigos em funcionamento. Em meio à Mata Atlântica, antes de virar Magic City, era um acampamento para crianças e adolescentes. O ingresso somente para aproveitar o parque custa R$ 40 durante a semana e R$ 60 nos finais de semana. Há a opção de hospedagem, que varia de acordo com o número de dias e quantas pessoas irão. A venda é feita pela internet.

O Complexo Turístico Hot Beach, em Olímpia, retoma as atividades em 1º de outubro. A água quente é uma das atrações do parque - além dos brinquedos, claro. Além de comprar o ingresso com antecedência, há um aplicativo do parque que possibilita pagar pelo consumo feito no parque sem pegar filas. O horário do parque é de terça a domingo, das 9h às 17h.

Macaque in the trees
Hot Beach. Em Olímpia, o complexo é muito visitado durante o ano, e tem parque aquático - com água quente - e resort. O valor do ingresso é de R$ 130, por adulto, para um dia. O preço muda para R$ 196 para dois dias - um final de semana. A meia-entrada é R$ 65.

Galeria de Fotos

Comentários

Tops da Gazeta