X

DIA DA CONSCIÊNCIA NEGRA

Quatro passeios para enaltecer a cultura negra em São Paulo

Museus e casas de culturas preparam programação especial para celebrar o Dia da Consciência Negra

Gladys Magalhães

Publicado em 16/11/2023 às 15:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

Museu da Língua Portuguesa preparou uma programação epecial por conta do Dia da Consciência Negra / Ciete Silvério

Na próxima segunda-feira, 20 de novembro, é celebrado o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra. Para celebrar a data, museus, casas de culturas, entre outros lugares, prepararam atividades especiais; confira. 

I Semana da Consciência Negra do IED  
I Semana da Consciência Negra do IED - Foto: Divulgação

I Semana da Consciência Negra do IED
Entre os dias 21 e 25 de novembro acontece a I Semana da Consciência Negra do IED - Instituto Europeo di Design. O evento é composto pela exposição "Negro Design", que apresenta trabalhos de docentes dos cursos de Design de Interiores, Mobiliário, Moda, Estratégico, Figurino, Gráfico Digital e Ux.

Além da exposição, haverá também, no dia 21 de novembro, às 19h, a roda de conversa "Design, Diversidade e Inclusão", mediada por Michele Salles Villafranca. 

A exposição "Negro Design" pode ser visitada das 8h às 22h. O IED fica na Rua Maranhão, 617, Higienópolis. 

Museu da Língua Portuguesa
Museu da Língua Portuguesa - Foto: Ciete Silvério

Museu da Língua Portuguesa
Ainda que esteja fechado no dia 20 de novembro, o Museu da Língua Portuguesa preparou uma programação epecial por conta do Dia da Consciência Negra. 

Nos dias 18 e 19, por exemplo, acontece a Visita Temática – Palavras Bantu, que tem como objetivo explicar as influências linguísticas e culturais da África. Assim, o passeio pela exposição principal do Museu, das 13h às 14h, vai revelar principalmente a presença e a resistência de palavras da família Bantu no português falado no Brasil ainda nos dias de hoje. Os educadores da instituição vão utilizar ainda o jogo temático intitulado Calão que mostra a relação de gírias angolanas com palavras em português.

O Museu também promove, nos  dias 18 e 19, às 15h, e 25 e 26 de novembro, às 11h -, a visita ao prédio da Estação da Luz, intitulada "Presenças negras na construção da cidade de São Paulo". No passeio, o público  poderá conhecer o trabalho de arquitetos e profissionais da engenharia civil negros no levantamento de diversos espaços da capital paulista, sobretudo, no bairro da Luz, onde o Museu da Língua Portuguesa está localizado. Para participar, basta chegar 15 minutos antes de seu início na bilheteria do Pátio A. 

O Museu da Língua Portuguesa fica  na Praça da Luz, s/n, Luz.  A entrada custa a partir de R$ 10 e é gratuita aos sábados. 

Jean William  Concerto Especial Mês da Consciência Negra
Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra - Foto: Rodrigo Casamassa

Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra
Para celebrar a conscientização que marca o mês de novembro, a Unibes Cultural recebe o espetáculo “Jean William – Concerto Especial Mês da Consciência Negra” no dia 26, às 18 horas. 
Nascido em Sertãozinho e apadrinhado pelo Maestro João Carlos Martins, Jean ganhou visibilidade nacional e internacional, quando, em 2013, cantou na primeira visita do Papa Francisco ao Brasil.

Na apresentação do dia 26, o tenor irá se apresentar ao lado do violonista Rafael Altro e o público poderá apreciar um repertório que reúne peças de temas afro-brasileiro e afro-americano. 

A Unibes Cultural fica na rua Oscar Freire, 2500, Sumaré. O concerto é gratuito, mas os ingressos devem ser resgatados em www.unibescultural.org.br . 

Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
Museu Afro Brasil Emanoel Araujo - Foto: Divulgação

Museu Afro Brasil Emanoel Araujo
O Museu Afro Brasil Emanoel Araujo é referência nacional quando o assunto é Diáspora Negra e conta com diversas exposições que enaltecem a história, memória e arte negra. 

No dia 20 de novembro,  a Instituição abre suas portas para celebrar o Dia da Consciência Negra por meio do Segundo Ocupa MAB, evento que celebra a arte e a cultura negra em novas vertentes, a partir da música, da moda e da gastronomia, com várias atrações repletas de sabor e identidade negra.

Na programação haverá apresentações culturais, oficinas e palestras e, quem for ao Museu poderá ainda visitar as seis exposições em cartaz. 

O Museu Afro Brasil fica no Parque Ibirapuera, na Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n, portão 10. A entrada custa a partir de R$ 11, sendo que o II Ocupa MAB acontece das 9h às 18h.

 

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Não perca essa oportunidade

Cidade no interior de SP encerra inscrições de novo concurso nesta sexta

Prefeitura Municipal de Jahu têm processo seletivo têm salários que chegam a R$ 6.008,73

DROGAS NO LITORAL

Depósito com uma tonelada de cocaína é encontrado no Guarujá

Cães farejadores encontraram as drogas em meio a sucatas

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter