Publicidade

X

TODA NOVA

Linha 2024 da Ranger tem novo motor e novas tecnologias

Para buscar a liderança entre as picapes médias, a Ford inicia as vendas da nova geração da Ranger

Luiz Humberto Monteiro Pereira - AutoMotrix

Publicado em 30/06/2023 às 08:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Publicidade

As versões topo de linha XLT e Limited, equipadas com motor turbodiesel 3.0 V6, são as primeiras a chegar / Divulgação

Nos últimos anos, o segmento de picapes médias tem sido liderado no Brasil por duas veteranas – a Toyota Hilux e a Chevrolet S-10. São seguidas por outros modelos que também não apresentam renovações expressivas recentes – Ford Ranger, Mitsubishi L200 Triton, Volkswagen Amarok e Nissan Frontier. Aproveitando o marasmo do segmento, as picapes intermediárias – Fiat Toro, Ford Maverick e a recém-lançada Ram Rampage –, com projetos atuais e novas tecnologias, têm atraído a atenção dos consumidores. Agora, coube à Ford apresentar a primeira geração nova de picape média nos mercados da América do Sul desta década. Com nova plataforma com chassi maior e mais robusto, além do novo motor turbodiesel 3.0 V6, a Ranger linha 2024 oferece tecnologias que incluem piloto automático adaptativo com stop&go, monitoramento de ponto cego com cobertura de reboque, câmeras 360 graus e um multimídia com tela vertical de 12 polegadas – o maior do segmento.

A nova Ranger propõe aprimoramentos no desempenho, na capacidade, na segurança, no conforto, na dirigibilidade e na conectividade. O objetivo é transformar o modo como o consumidor se relaciona com o veículo e com a marca – mais de dois anos após o fechamento de suas fábricas no Brasil, a Ford segue reconstruindo sua imagem frente ao público local. Será oferecida inicialmente nas versões XLT e Limited, ambas com motor turbodiesel 3.0 V6 e transmissão automática de 10 velocidades, pelos preços de R$ 289.990 e R$ 319.990, respectivamente. Elas já estão disponíveis na plataforma de e-commerce da Ford, em www.ford.com.br, com prazo de entrega de 30 a 60 dias.

Leia Também

• Ford F-150 Platinum chega a partir de R$ 509,9 mil

• Ford apresenta a primeira picape híbrida do Brasil

Maior em todas as medidas, a nova Ranger tem 5,37 metros de comprimento, 2,20 metros de largura e 1,88 metro de altura. A distância de entre-eixos é de 3,27 metros – cinco centímetros maior do que na versão anterior. A carroceria tem frente alta marcada pela grade ampla e por faróis de leds em formato de “C”, unidos por uma barra central que se conecta ao para-choque. Na lateral musculosa, a linha de cintura percorre toda a picape. Na Limited, o santantônio tem a cor da carroceria, enquanto o rack de teto e as barras laterais na caçamba ressaltam a esportividade. Na tampa traseira, o nome “Ranger” aparece em baixo relevo. São sete opções de cores: as perolizadas Laranja Jalapão (a do modelo testado), Azul Belize, Preto Gales e Cinza Moscou, a metálica Prata Geada e as sólidas Branco Ártico e Vermelho Bari. O interior traz bancos de couro e um painel de instrumentos configurável com tela de LCD de 8 ou 12,4 polegadas e multimídia de 10 ou 12 polegadas, com conexão sem fio para Android Auto e Apple CarPlay e carregador por indução.

O novo motor turbodiesel 3.0 V6 tem 250 cavalos e 61,2 kgfm – é o maior torque da categoria. Trabalha acoplado a uma transmissão automática de 10 marchas, a mesma que equipa a F-150 e o Mustang. O sistema start-stop contribui para aumentar a eficiência – o consumo combinado é de 8,7 km/l (7,5 km/l na cidade e 11,8 km/l na estrada). A linha trará ainda um motor Ecoblue 2.0 turbodiesel de quatro cilindros com 170 cavalos e torque de 41,3 kgfm, já em uso na Transit. Será oferecido nas versões XL e XLS, com a opção de transmissões de 6 velocidades, manual ou automática.

A picape oferece várias tecnologias, algumas inéditas na categoria. Na versão Limited, estão disponíveis piloto automático adaptativo com stop&go, monitoramento de ponto cego com cobertura de reboque, assistente autônomo de frenagem e alerta de tráfego cruzado em marcha a ré, assistente de manobras evasivas, de permanência em faixa e de cruzamentos e câmeras 360 graus. A nova Ranger pode receber atualizações à distância (tecnologia OTA – “Over the Air”) para o aprimoramento de sistemas. Outras inovações exclusivas no segmento são o sistema de tração 4WD com distribuição de torque sob demanda, a suspensão com amortecedores traseiros externos à longarina e curso ampliado, a direção elétrica ativa, o câmbio eletrônico E-shifter, o farol alto automático e o freio de estacionamento eletrônico. Os freios têm discos ventilados nas quatro rodas e o ângulo de ataque foi ampliado para 30 graus.

As versões XLT e Limited são equipadas com assistente autônomo de frenagem com detecção de pedestres e sete airbags, reconhecimento de sinais de trânsito, assistente de partida em rampa, controle automático em descidas, frenagem pós-colisão e câmera de ré. A XLT vem com rodas de 17 polegadas, faróis de neblina em leds, estribo-plataforma e retrovisores com ajuste e rebatimento elétrico. A caçamba é equipada com trava elétrica e iluminação. Na cabine, tem painel de instrumentos digital com tela de 8 polegadas e central multimídia Sync 4 com tela “touch” de 10 polegadas e comandos de voz. Traz ainda reconhecimento de sinais de trânsito, sensor de chuva, controle automático em descidas, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro e quatro modos de condução (“Normal”, “Eco”, “Escorregadio” e “Rebocar/Transportar”). Com rodas de 18 polegadas, a Limited agrega santantônio estilizado e molduras dos para-lamas na cor do veículo, bagageiro de teto, lanternas de leds e protetor de caçamba. Na cabine, a Limited soma central multimídia com tela vertical de 12 polegadas, ar-condicionado dual-zone, descansa-braço traseiro e chave com sensor de presença e partida sem chave. Traz navegador off-road, dois modos adicionais de condução (“Lama/Terra” e “Areia”) e monitoramento de pressão dos pneus. A Ranger Limited dispõe ainda de um kit opcional que acrescenta painel de instrumentos digital de 12,4 polegadas e rodas de liga leve de 20 polegadas com pneus 265/55 All Season. Por R$ 20 mil, o pacote inclui piloto automático adaptativo com stop&go, monitoramento de ponto cego com cobertura de reboque, assistente autônomo de frenagem e alerta de tráfego cruzado em marcha a ré.

Experiência a bordo
Maior e melhor

Na Ranger 2024, a ampliação do espaço a bordo parece mais generosa do que os meros cinco centímetros a mais no entre-eixos, quatro centímetros a mais na largura e dois centímetros a mais na altura poderiam proporcionar. Detalhes como o câmbio giratório E-shifter e o freio de estacionamento eletrônico liberam espaço no console e outras soluções de design, como as maçanetas das portas integradas aos apoios de braço, ampliam a percepção de amplitude. O painel digital e a tela da central multimídia integrada explicitam o padrão tecnológico. Mas a transmissão permite trocas sequenciais apenas pelos botões na alavanca – nada de “borboletas” no volante. O conta-giros mostra algarismos em lugar do clássico ponteiro, algo que não facilita a percepção rápida das informações.

O sistema multimídia Sync 4 traz um processador mais potente e facilita a troca de telas e comandos. A tela tem 12 polegadas na Limited e vem em formato vertical e integrada ao painel. Disponibiliza conectividade sem fio para Android Auto e Apple CarPlay e carregador por indução. Os recursos incluem reconhecimento de voz, Bluetooth, comandos de áudio no volante, quatro entradas USB, sistema AppLink para acesso a aplicativos e navegador off-road com câmera dianteira. Com o aplicativo FordPass, é possível usar o celular para travar e abrir as portas, acionar as luzes e a buzina ou agendar a partida com ativação do ar-condicionado.

Primeira impressões
Evolução multidimensional

Mendoza/Argentina - A nova geração da Ranger chega disposta a elevar os padrões do segmento – e aparenta ter recursos para tal. A evolução começa pelo chassi, com novo desenho das longarinas e reforços que aumentam em 30% a sua resistência a torções. A suspensão é toda nova – conta com feixes de molas longitudinais na traseira e amortecedores externos à longarina, que permitem uma articulação de eixo 12% maior. No asfalto, além do conjunto suspensivo bem balanceado, o conforto é evidenciado pelo isolamento acústico – é provavelmente a cabine mais silenciosa da categoria. O “powertrain” composto pelo motor V6 turbodiesel de 250 cavalos e o câmbio automático de 10 marchas, sempre bem escalonadas e sem buracos, entrega trocas ágeis que proporcionam retomadas de velocidade vigorosas. A direção elétrica oferece assistência progressiva, e a percepção de confiabilidade do conjunto é reforçada pelas tecnologias de segurança, que contam com o auxílio de cinco câmeras, três radares, sete antenas e 22 sensores.

Nas trilhas aos pés da Cordilheira dos Andes, estava na hora de testar o sistema de tração. Ao lado das opções 4x2, 4x4 e 4x4 com reduzida convencionais, ele tem o modo 4WD, que distribui a tração entre os eixos sob demanda. A caixa de transferência eletrônica pode ser acionada tanto pelo botão físico quanto pela tela do navegador off-road. A nova Ranger é a única do segmento equipada com modos de condução, que ajustam o veículo automaticamente para cada situação. Os recursos off-road incluem diferencial traseiro blocante, ganchos de reboque e protetores de aço sob a direção, o tanque, o cárter e a transmissão. O ângulo de ataque é de 30 graus e o de saída de 26 graus, a altura livre em relação ao solo é de 23,5 centímetros e a capacidade de imersão é de 80 centímetros. Para facilitar a direção em terrenos irregulares, a tela de navegação off-road exibe informações como inclinação lateral e guias.

Ficha Técnica
Ford Ranger Limited

Motor: 3.0 V6 turbodiesel
Potência: 250 cavalos a 3.250 rpm
Torque: 61,2 kgfm a 1.750 rpm
Tração: 4WD
Transmissão: automática de 10 velocidades
Freios: disco ventilado nas quatro rodas
Dimensões: 5,37 metros de comprimento, 2,20 metros de largura (com espelhos), 1,84 metro de altura e 3,27 metros de distância de entre-eixos
Peso em ordem de marcha: 2.357 quilos
Suspensão: MacPherson na dianteira, eixo rígido com semielípticas na traseira
Capacidade de carga: 1.023 quilos
Tanque de combustível: 80 litros
Rodas e pneus: liga leve 18 polegadas e 255/65 R18 All Terrain
Preço: R$ 319.990

Apoie a Gazeta de S. Paulo
A sua ajuda é fundamental para nós da Gazeta de S. Paulo. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós da Gazeta de S. Paulo temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para a Gazeta de S. Paulo continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians é eliminado do Campeonato Paulista

Agora, o clube terá que conquistar a vaga na Copa do Brasil de 2025 de outro jeito

Mundo

Pesquisa afirma que Trump tem 48% das intenções de voto nos EUA

Os resultados mostram que 48% dos entrevistados afirmaram que votariam em Trump

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter