X

transição estética

Linha 2025, Chevrolet Spin Premier evolui no design

A nova grade dupla, ladeada pelas luzes de direção na linha do capô e os faróis logo abaixo, lembram o conjunto frontal da picape Montana

Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix

Publicado em 09/06/2024 às 17:30

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Chevrolet Spin Premier / Luiza Kreitlon/AutoMotrix

O Chevrolet Spin foi lançado em 2012 para substituir de uma só vez as minivans Meriva (de cinco lugares) e Zafira (de sete).

De lá para cá, as minivans, assim como ocorreu antes com as station wagons, foram praticamente extintas depois de serem “engolidas” pelos utilitários esportivos e crossovers, que se tornaram o “objeto do desejo” nos principais mercados automotivos mundiais – inclusive no Brasil.

Assim, as tendências mercadológicas fizeram que o Spin passasse por uma reformulação visual para buscar uma “transição estética” para o segmento de crossovers. Com opção de cinco ou sete pessoas, o veículo sempre teve como destaques a versatilidade, o espaço interno e a boa relação custo-benefício.

Linha 2025

No final de março, a linha 2025 do Spin chegou às concessionárias com mudanças no design e com novos equipamentos de segurança e tecnologia.

A linha começa nas configurações para cinco pessoas, com a versão LT com câmbio manual de 6 marchas, oferecida por R$ 119.990, e a LT com câmbio automático de 6 velocidades, que parte de R$ 128.840.

Depois, vêm as duas configurações com a terceira fileira de bancos, que amplia a capacidade do crossover para até sete pessoas: a LTZ, de R$ 139.840, e a Premier, a mais equipada da linha, a R$ 146.840.

Chevrolet Spin PremierChevrolet Spin Premier/Luiza Kreitlon/AutoMotrix

O surgimento de um inédito concorrente no segmento de crossovers compactos de sete lugares – o novato Citroën C3 Aircross – aumentou a carga de responsabilidade do modelo da Chevrolet.

Mudança de design

Na linha 2025, o processo de “crossoverização” do estilo do Spin, implementado desde 2018, continua. As dimensões são praticamente as mesmas: 4,42 metros de comprimento, 1,77 metro de largura, 1,70 metro de altura e 2,62 metros de entre-eixos.

A distância livre em relação ao solo é de 17 centímetros – 1,6 centímetro a mais – e o capô ficou mais elevado e mais horizontal – um pré-requisito para que um veículo seja considerado um crossover.

A nova grade dupla, ladeada pelas luzes de direção na linha do capô e os faróis logo abaixo, lembram o conjunto frontal da picape Montana. O estilo das rodas de todas as variantes evocam o universo aventureiro. O vidro traseiro ocupa a carroceria de ponta a ponta, abaixo do aerofólio integrado.

As lanternas ficaram mais retangulares e invadem a tampa do porta-malas, que foi redesenhada e ganhou vincos horizontais abaixo do vidro e acima do para-choque. Saias de rodas, portas e para-choque traseiro trazem apliques – herdados da extinta versão Activ.

Motor a bicombustível

O Spin 2025 preserva o motor 1.8 bicombustível aspirado de 111 cavalos de potência e 17,7 kgfm de torque, que acompanha o modelo desde o lançamento, em 2012 – é o único carro da General Motors que ainda o utiliza.

Chevrolet Spin PremierChevrolet Spin Premier/Luiza Kreitlon/AutoMotrix

Apesar do “powertrain” veterano, a engenharia da marca norte-americana afirma que um novo modelo de gerenciamento eletrônico com o dobro da capacidade de processamento – o mesmo utilizado no SUV compacto Tracker – tornou o Spin atual mais ágil nas acelerações e até 11% mais econômico.

O motor já atende à nova fase PL8 do programa de controle de emissões Proconve, que entrará em vigor em 2025. De acordo com o Inmetro, nas versões automáticas, o consumo de combustível é de 10,5 km/l (gasolina) e de 7,3 km/l (etanol) na cidade e de 13,4 km/l (gasolina) e de 9,3 km/l (etanol) na estrada.

O sistema de suspensão e a direção elétrica também tiveram ajustes. A altura em relação ao solo aumentou, mas os amortecedores foram recalibrados para privilegiar a estabilidade.

Em todas as configurações, o crossover produzido em São Caetano do Sul (SP) tem seis airbags de série, com extensão das bolsas infláveis até a terceira fileira de bancos.

Tecnologia 

O Spin agora compartilha a arquitetura eletrônica com o Tracker, o que permitiu que, na versão “top” Premier, a segurança seja reforçada por sistemas de assistência como alerta de colisão frontal com frenagem automática de emergência, detector de presença de veículo em ponto cego e alerta de saída de faixa.

Também é oferecido o serviço de resposta automática em caso de acidente mais grave disponibilizado pelo OnStar. O recurso de trilhos corrediços para a segunda fileira de bancos permitiu uma melhor distribuição do espaço entre os passageiros e a acomodação de bagagens de grande volume.

Na versão de cinco lugares (ou com a terceira fileira de bancos rebatida), o Spin oferece o maior porta-malas entre os carros de passeio de produção nacional: 756 litros.

Na Premier, a partida do motor pode ser feita por botão, há Wi-Fi nativo, entradas USB dos tipos A e C, espelhamento para Android Auto e Apple CarPlay sem fio e carregador por indução. O volante passou a ter base reta, igual aos dos Chevrolet mais atuais.

O ar-condicionado é digital e tem saída dedicada para a segunda fileira de assentos, com fluxo de ar individualizado.

Virtual Cockpit System

O Spin 2025 foi o primeiro Chevrolet nacional a receber o Virtual Cockpit System, caracterizado pelo painel de instrumentos totalmente digital de 8 polegadas integrado à nova geração do MyLink, com tela de 11 polegadas configurável e Bluetooth.

Chevrolet Spin PremierChevrolet Spin Premier/Luiza Kreitlon/AutoMotrix

É possível optar entre seis tipos de layouts, nos quais são exibidas informações como a tensão da bateria ou a vida útil do óleo. Todas as versões do Spin 2025 contam com pacote de dados de 20 GB nos seis meses iniciais de gratuidade do OnStar.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Pai é preso acusado de abusar de filha internada em UTI no ABC paulista

Câmeras escondidas flagraram o crime; vítima permanece em hospital

Feminicídio

Corpo de atendente executada dentro de loja é sepultado; suspeito segue foragido

Corpo de Aline Aparecida de Moura, de 34 anos, foi sepultado nesta quinta-feira (13), em Sorocaba; principal suspeito do crime, ex-namorado da vítima, está foragido

©2021 Gazeta de São Paulo. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software

Newsletter