últimas notícias
Bairro da zona sul lidera casos de SRAG na Capital
Bairro da zona sul lidera casos de SRAG na Capital
Foto: Sidnei Santos/SPTrans

Jardim Ângela é o bairro de SP com mais hospitalizados por síndrome respiratória

Entre os 10 bairros com mais casos de internações por SRAG, seis são da zona sul da Capital

O Jardim Ângela, na zona sul de São Paulo, é o bairro da Capital com o maior número de casos graves de internação por síndrome respiratória aguda grave (SRAG). A informação é do mapa divulgado nesta terça-feira pela Secretaria Municipal da Saúde e faz parte do boletim epidemiológico da prefeitura.

De acordo com a publicação, o Jardim Ângela teve 919 hospitalizações confirmadas ou suspeitas por SRAG até 9 de junho. O bairro é seguido pela Brasilândia, na zona norte, e pelo Jardim São Luís, também na zona sul, que registraram igualmente 795 internações por SRAG no período. Entre os 10 primeiros colocados, seis bairros são da zona sul da Capital.

SAIBA MAIS:

Quase 10% da população da cidade de SP já pode ter se contaminado pela Covid-19, diz prefeitura

O mapa leva em consideração as internações confirmadas ou suspeitas da SRAG até o dia 9 de junho e sinaliza o agravamento do quadro das pessoas que contraíram Covid-19 e precisaram de hospitalização no período.

Os 10 bairros com mais internados por SRAG na cidade de São Paulo:

  • Jardim Ângela (Zona Sul) - 919 hospitalizações
  • Brasilândia (Zona Norte) - 795 hospitalizações
  • Jardim São Luís (Zona Sul) - 795 hospitalizações
  • Sapopemba (Zona Leste) - 794 hospitalizações
  • Capão Redondo (Zona Sul) - 760 hospitalizações
  • Grajaú (Zona Sul) - 750 hospitalizações
  • Cidade Ademar (Zona Sul) - 722 hospitalizações
  • Sacomã (Zona Sul) - 675 hospitalizações
  • Jabaquara (Zona Sul) -673 hospitalizações
  • Itaim Paulista (Zona Leste) -655 hospitalizações

Comentários

Tops da Gazeta